Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Argentina diz concordar com 'essência' da mensagem de Bush


Das Agências

17/01/2002 | 00:15


O governo argentino concordou com a "essência" da mensagem do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, na Organização dos Estados Americanos (OEA), nesta quarta-feira à noite, disse o porta-voz presidencial, Eduardo Amadeo. Ele afirmou ainda que o país tenta estabelecer uma economia com "disciplina fiscal, política monetária sólida e integrada ao mundo".

"Manifestamos uma absoluta coincidência com a essência de sua mensagem", afirmou Amadeo, em declarações à imprensa na Casa de Governo. "O crescimento é a base da solução dos problemas da economia argentina", discursou.

"Para que haja crescimento tem de haver efetivamente economia de mercado, políticas monetárias e fiscais sensatas e integração ao mundo", frisou o porta-voz.

Bush disse nesta quarta estar "muito preocupado" com a crise argentina e prometeu uma eventual ajuda ao país "desde que se comprometa com um plano econômico sólido e sustentável".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Argentina diz concordar com 'essência' da mensagem de Bush

Das Agências

17/01/2002 | 00:15


O governo argentino concordou com a "essência" da mensagem do presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, na Organização dos Estados Americanos (OEA), nesta quarta-feira à noite, disse o porta-voz presidencial, Eduardo Amadeo. Ele afirmou ainda que o país tenta estabelecer uma economia com "disciplina fiscal, política monetária sólida e integrada ao mundo".

"Manifestamos uma absoluta coincidência com a essência de sua mensagem", afirmou Amadeo, em declarações à imprensa na Casa de Governo. "O crescimento é a base da solução dos problemas da economia argentina", discursou.

"Para que haja crescimento tem de haver efetivamente economia de mercado, políticas monetárias e fiscais sensatas e integração ao mundo", frisou o porta-voz.

Bush disse nesta quarta estar "muito preocupado" com a crise argentina e prometeu uma eventual ajuda ao país "desde que se comprometa com um plano econômico sólido e sustentável".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;