Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Sempre Juntos


Caroline Ropero
Especial para o Diário

17/07/2011 | 07:00


Brincar já é muito bom, mas fica melhor ainda quando o amigo está por perto para compartilhar a diversão. Na verdade, ele é muito mais do que companhia; é quem gosta do jeito que somos, respeita gostos e opiniões e ouve quando estamos tristes, sempre pronto para ajudar. Cada um tem uma maneira de definir a amizade, mas todos concordam que é preciso cultivá-la, cuidar dela com carinho, como se fosse uma plantinha, para crescer forte e saudável.

Nicole Shih, 9 anos, de Ribeirão Pires, e Yasmin Lameira, 9, de Santo André, cresceram juntas. "Quando ela saiu da maternidade, eu entrei", diz Nicole, que nasceu quatro dias depois da amiga e desde então são unidas. Como a irmã da Nicole é a melhor amiga da irmã da Yasmin, as famílias se aproximaram.

O mais importante, segundo elas, é ter confiança, amor e saber conviver. "Às vezes, discutimos porque não queremos brincar da mesma coisa, mas no fim uma abre mão ou fazemos algo que as duas gostam", diz Yasmin. Para isso, elas abusam da criatividade. "Inventamos todo tipo de brincadeira. Organizamos casamentos, somos secretárias e até heroínas", conta Nicole.

Gustavo Nikolaus, 9, e Vitória Borelli, 9, de Ribeirão Pires, sempre estudaram juntos e afirmam que menino e menina podem sim ser amigos. A lealdade é o segredo para manter qualquer amizade. "Tem de ser honesto sempre e não provocar para evitar brigas', diz o garoto.

Vivem grudados e compartilham muitos segredos. Nas férias, ficam separados, mas, segundo eles, não importa; quando se reencontram é como se nunca tivessem se separado. Amizade é isso!

 

Amigo imaginário pode ser ótima companhia

O amigo imaginário pode ser ótima companhia quando se está sozinho. Ele costuma existir para quem tem até cerca de 7 anos. Além de ser divertido, esse companheiro ajuda no crescimento e desenvolvimento e a entender melhor o mundo e as relações que existem entre as pessoas. Também permite dividir sentimentos como tristeza, angústia e felicidade. É um jeito de aprender como é ter um amigo de verdade.

No desenho Charlie e Lola, a menina tem um amigo que ninguém vê chamado Soren Lorensen. Conversam sobre todos os assuntos e só ela consegue falar com ele. Quando alguém aparece, o menino torna-se transparente. O amigo imaginário de Ryam Silva, 4, de Diadema, também é invisível e se chama Iro. É alto, com pele e olhos negros. Os dois costumam brincar de massinha e carrinho. "Ele me acompanha quando saio de casa. Às vezes, traz o Edson, primo dele de 18 anos", conta o garoto, que ensina o melhor amigo a não falar palavrão. "Fico bravo e explico que não pode falar."

Para Julia Mei Iseki Negrão, 5, Tic Tac é mais do que amigo imaginário com quem se relaciona desde os 2 anos, é marido e pai da boneca Mimi. Ele é alto, loiro, gordinho com olhos claros. "Na brincadeira, tenho 20 anos como ele, sou veterinária e ele é médico", conta a menina, que sabe que ele não existe de fato.

De cada 100 pessoas, 65 tiveram um amigo imaginário na infância, segundo pesquisa do Instituto da Educação, em Londres. Desses, a maioria é filho único ou é muito mais novo do que o irmão. Isso não significa que seja solitário, apenas prefere brincar em um mundo próprio, no qual possa dominá-lo.

 

Familiares são os primeiros

Na família, em geral, é onde encontramos os primeiros amigos. Foi assim com os irmãos Murilo, 8, e Matheus Ribeiro, 6, de Santo André, superamigos dos primos Igor, 11, e Kaio Xavier, 6. Os mais velhos cresceram juntos fazendo o que mais gostam: brincar na piscina da casa da avó, de videogame e de super-heróis. Eles acreditam que é mais fácil fazer amizade entre os familiares. "Quando não conheço a pessoa, fico com vergonha de brincar. Com meus primos, me divirto de verdade e sou eu mesmo porque nos conhecemos desde pequenos", conta Igor. Além disso, os garotos garantem que essa amizade é mais sincera. "Primo não engana, não mente, é amigo de confiança", explica Murilo.

A relação entre os mais novos é parecida com a estabelecida entre irmãos. Como têm a mesma idade, divertem-se juntos desde que nasceram. Mesmo assim, rolam algumas discussões. "Às vezes, queremos brincar de coisas diferentes e brigamos. Mas depois de um tempinho nos entendemos", conta Matheus.

Bichos colaboram entre si em grande amizade

Os animais também têm amigos muito importantes. Alguns praticam a protocooperação, relacionamento em que uma espécie ajuda a outra e assim as duas vivem melhor, como o boi e o anum (pássaro de 36 cm com penas negras). Essa ave passa muito tempo nas costas do boi alimentando-se de insetos e carrapatos. Assim, o boi se livra de parasitas que podem transmitir doenças, e o anum fica de barriga cheia. O mesmo ocorre com o hipopótamo e o bem-te-vi.

Mais curiosa é a relação entre o crocodilo e o pássaro-palito, que vivem na África. O réptil abre a boca enquanto a ave come parasitas, restos de comida e pequenos vermes que ficam lá. Como bichos não escovam dentes, essa troca de favores ajuda o crocodilo a manter a boca limpinha.

No fundo do mar, a anêmona oferece proteção ao peixe-palhaço e seus ovos. Como retribuição, os peixinhos removem sujeira e parasitas da amiga. Relação semelhante ocorre com o caranguejo bernardo-eremita, que vive em concha ou caramujo vazio e carrega a anêmona para se proteger, pois ela elimina veneno que afasta predadores. Em troca, ela ganha transporte para se movimentar com rapidez e capturar alimentos. Como pega a comida com tentáculos, precisa esperar o bichinho se aproximar.

Saiba mais

O Dia do Amigo é comemorado na quarta, dia 20, em quase todo o mundo.

O melhor amigo não precisa ser humano. Os cães Igui e Pitti ocupam esse lugar na vida de Guilherme dos Santos, 6 anos, de Santo André: "Converso com eles brinco de bolinha e faço carinho; às vezes, dormem na minha cama."

É legal quando os amigos têm gostos parecidos, mas isso não é fundamental; cada um tem de ter sua personalidade. Não adianta querer fazer o mesmo que o outro se não curte; amigo de verdade gosta de você como realmente é. Fingir ser o que não é só para fazer parte da turma ou agradar é chato e não traz amizade sincera.

Na animação não faltam grandes histórias de amizade, como a do xerife Woody com o astronauta Buzz Lightyear, em Toy Story. No início eram inimigos por disputar a atenção do dono Andy. No entanto, diante das dificuldades, resolveram se unir para combater o mal. Assim ficaram amigos e passaram a cultivar essa relação. Tanto que, nos três filmes, precisam se ajudar para um salvar a vida do outro. Confira no www. blogdiarinho.blogspot.com mais exemplos de amizade entre os personagens das animações.

Amigo é quem se preocupa com a gente, respeita decisões, compartilha segredos,aponta qualidades e erros e está sempre por perto em momentos bons e ruins. Não é fácil encontrá-lo. Em geral, o que temos, na verdade, são muitos colegas. Com eles brincamos e nos divertimos, mas não há a mesma cumplicidade e intimidade. Além disso, pode não ser confiável e estar ao nosso lado só para fazer parte de um grupo; por isso, não pense que todo mundo é amigo. Saber diferenciar amizade e coleguismo é importante para identificar quem quer nosso bem de verdade.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sempre Juntos

Caroline Ropero
Especial para o Diário

17/07/2011 | 07:00


Brincar já é muito bom, mas fica melhor ainda quando o amigo está por perto para compartilhar a diversão. Na verdade, ele é muito mais do que companhia; é quem gosta do jeito que somos, respeita gostos e opiniões e ouve quando estamos tristes, sempre pronto para ajudar. Cada um tem uma maneira de definir a amizade, mas todos concordam que é preciso cultivá-la, cuidar dela com carinho, como se fosse uma plantinha, para crescer forte e saudável.

Nicole Shih, 9 anos, de Ribeirão Pires, e Yasmin Lameira, 9, de Santo André, cresceram juntas. "Quando ela saiu da maternidade, eu entrei", diz Nicole, que nasceu quatro dias depois da amiga e desde então são unidas. Como a irmã da Nicole é a melhor amiga da irmã da Yasmin, as famílias se aproximaram.

O mais importante, segundo elas, é ter confiança, amor e saber conviver. "Às vezes, discutimos porque não queremos brincar da mesma coisa, mas no fim uma abre mão ou fazemos algo que as duas gostam", diz Yasmin. Para isso, elas abusam da criatividade. "Inventamos todo tipo de brincadeira. Organizamos casamentos, somos secretárias e até heroínas", conta Nicole.

Gustavo Nikolaus, 9, e Vitória Borelli, 9, de Ribeirão Pires, sempre estudaram juntos e afirmam que menino e menina podem sim ser amigos. A lealdade é o segredo para manter qualquer amizade. "Tem de ser honesto sempre e não provocar para evitar brigas', diz o garoto.

Vivem grudados e compartilham muitos segredos. Nas férias, ficam separados, mas, segundo eles, não importa; quando se reencontram é como se nunca tivessem se separado. Amizade é isso!

 

Amigo imaginário pode ser ótima companhia

O amigo imaginário pode ser ótima companhia quando se está sozinho. Ele costuma existir para quem tem até cerca de 7 anos. Além de ser divertido, esse companheiro ajuda no crescimento e desenvolvimento e a entender melhor o mundo e as relações que existem entre as pessoas. Também permite dividir sentimentos como tristeza, angústia e felicidade. É um jeito de aprender como é ter um amigo de verdade.

No desenho Charlie e Lola, a menina tem um amigo que ninguém vê chamado Soren Lorensen. Conversam sobre todos os assuntos e só ela consegue falar com ele. Quando alguém aparece, o menino torna-se transparente. O amigo imaginário de Ryam Silva, 4, de Diadema, também é invisível e se chama Iro. É alto, com pele e olhos negros. Os dois costumam brincar de massinha e carrinho. "Ele me acompanha quando saio de casa. Às vezes, traz o Edson, primo dele de 18 anos", conta o garoto, que ensina o melhor amigo a não falar palavrão. "Fico bravo e explico que não pode falar."

Para Julia Mei Iseki Negrão, 5, Tic Tac é mais do que amigo imaginário com quem se relaciona desde os 2 anos, é marido e pai da boneca Mimi. Ele é alto, loiro, gordinho com olhos claros. "Na brincadeira, tenho 20 anos como ele, sou veterinária e ele é médico", conta a menina, que sabe que ele não existe de fato.

De cada 100 pessoas, 65 tiveram um amigo imaginário na infância, segundo pesquisa do Instituto da Educação, em Londres. Desses, a maioria é filho único ou é muito mais novo do que o irmão. Isso não significa que seja solitário, apenas prefere brincar em um mundo próprio, no qual possa dominá-lo.

 

Familiares são os primeiros

Na família, em geral, é onde encontramos os primeiros amigos. Foi assim com os irmãos Murilo, 8, e Matheus Ribeiro, 6, de Santo André, superamigos dos primos Igor, 11, e Kaio Xavier, 6. Os mais velhos cresceram juntos fazendo o que mais gostam: brincar na piscina da casa da avó, de videogame e de super-heróis. Eles acreditam que é mais fácil fazer amizade entre os familiares. "Quando não conheço a pessoa, fico com vergonha de brincar. Com meus primos, me divirto de verdade e sou eu mesmo porque nos conhecemos desde pequenos", conta Igor. Além disso, os garotos garantem que essa amizade é mais sincera. "Primo não engana, não mente, é amigo de confiança", explica Murilo.

A relação entre os mais novos é parecida com a estabelecida entre irmãos. Como têm a mesma idade, divertem-se juntos desde que nasceram. Mesmo assim, rolam algumas discussões. "Às vezes, queremos brincar de coisas diferentes e brigamos. Mas depois de um tempinho nos entendemos", conta Matheus.

Bichos colaboram entre si em grande amizade

Os animais também têm amigos muito importantes. Alguns praticam a protocooperação, relacionamento em que uma espécie ajuda a outra e assim as duas vivem melhor, como o boi e o anum (pássaro de 36 cm com penas negras). Essa ave passa muito tempo nas costas do boi alimentando-se de insetos e carrapatos. Assim, o boi se livra de parasitas que podem transmitir doenças, e o anum fica de barriga cheia. O mesmo ocorre com o hipopótamo e o bem-te-vi.

Mais curiosa é a relação entre o crocodilo e o pássaro-palito, que vivem na África. O réptil abre a boca enquanto a ave come parasitas, restos de comida e pequenos vermes que ficam lá. Como bichos não escovam dentes, essa troca de favores ajuda o crocodilo a manter a boca limpinha.

No fundo do mar, a anêmona oferece proteção ao peixe-palhaço e seus ovos. Como retribuição, os peixinhos removem sujeira e parasitas da amiga. Relação semelhante ocorre com o caranguejo bernardo-eremita, que vive em concha ou caramujo vazio e carrega a anêmona para se proteger, pois ela elimina veneno que afasta predadores. Em troca, ela ganha transporte para se movimentar com rapidez e capturar alimentos. Como pega a comida com tentáculos, precisa esperar o bichinho se aproximar.

Saiba mais

O Dia do Amigo é comemorado na quarta, dia 20, em quase todo o mundo.

O melhor amigo não precisa ser humano. Os cães Igui e Pitti ocupam esse lugar na vida de Guilherme dos Santos, 6 anos, de Santo André: "Converso com eles brinco de bolinha e faço carinho; às vezes, dormem na minha cama."

É legal quando os amigos têm gostos parecidos, mas isso não é fundamental; cada um tem de ter sua personalidade. Não adianta querer fazer o mesmo que o outro se não curte; amigo de verdade gosta de você como realmente é. Fingir ser o que não é só para fazer parte da turma ou agradar é chato e não traz amizade sincera.

Na animação não faltam grandes histórias de amizade, como a do xerife Woody com o astronauta Buzz Lightyear, em Toy Story. No início eram inimigos por disputar a atenção do dono Andy. No entanto, diante das dificuldades, resolveram se unir para combater o mal. Assim ficaram amigos e passaram a cultivar essa relação. Tanto que, nos três filmes, precisam se ajudar para um salvar a vida do outro. Confira no www. blogdiarinho.blogspot.com mais exemplos de amizade entre os personagens das animações.

Amigo é quem se preocupa com a gente, respeita decisões, compartilha segredos,aponta qualidades e erros e está sempre por perto em momentos bons e ruins. Não é fácil encontrá-lo. Em geral, o que temos, na verdade, são muitos colegas. Com eles brincamos e nos divertimos, mas não há a mesma cumplicidade e intimidade. Além disso, pode não ser confiável e estar ao nosso lado só para fazer parte de um grupo; por isso, não pense que todo mundo é amigo. Saber diferenciar amizade e coleguismo é importante para identificar quem quer nosso bem de verdade.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;