Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 4 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Funcionários da Vasp decidem possível greve nesta 3ª


Do Diário OnLine
Com Agências

16/03/2004 | 13:50


Os funcionários da Vasp realizam assembléia na tarde desta terça-feira, por volta das 17h, para decidir por uma possível greve. Segundo a presidente do Sindicato dos Aeronautas, Graziela Biaggio, a empresa não pagou os salários relativos ao mês de fevereiro, cuja folha soma em torno de R$ 2,5 milhões, e que deviam ter sido depositados no dia 5.

Biaggio também acusou o dono da Vasp, Wagner Canhedo, de não cumprir cláusulas da convenção coletiva, que prevêem ajuda de custo de alimentação para os aeronautas, pilotos e comissários de vôos. Além disso, tem ocorrido atraso na distribuição de cestas básicas para os aeroviários (funcionários que trabalham em terra).

A sindicalista apontou outras irregularidades, como horas de vôos noturnos não pagas, mais de duas férias vencidas sem que o funcionário receba o direito do descanso pago e encargos não recolhidos, como o FGTS.

Na semana passada, a Vasp informou que regularizaria os salários no dia 12, mas estes não foram depositados. A companhia aérea informou, agora, que os salários de fevereiro devem ser pagos até o final desta terça-feira.

Com Agência Brasil



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Funcionários da Vasp decidem possível greve nesta 3ª

Do Diário OnLine
Com Agências

16/03/2004 | 13:50


Os funcionários da Vasp realizam assembléia na tarde desta terça-feira, por volta das 17h, para decidir por uma possível greve. Segundo a presidente do Sindicato dos Aeronautas, Graziela Biaggio, a empresa não pagou os salários relativos ao mês de fevereiro, cuja folha soma em torno de R$ 2,5 milhões, e que deviam ter sido depositados no dia 5.

Biaggio também acusou o dono da Vasp, Wagner Canhedo, de não cumprir cláusulas da convenção coletiva, que prevêem ajuda de custo de alimentação para os aeronautas, pilotos e comissários de vôos. Além disso, tem ocorrido atraso na distribuição de cestas básicas para os aeroviários (funcionários que trabalham em terra).

A sindicalista apontou outras irregularidades, como horas de vôos noturnos não pagas, mais de duas férias vencidas sem que o funcionário receba o direito do descanso pago e encargos não recolhidos, como o FGTS.

Na semana passada, a Vasp informou que regularizaria os salários no dia 12, mas estes não foram depositados. A companhia aérea informou, agora, que os salários de fevereiro devem ser pagos até o final desta terça-feira.

Com Agência Brasil

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;