Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 16 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Salão abre as portas na próxima semana


Vagner Aquino
do Diário do Grande ABC

28/09/2011 | 07:00


É fato que as motocicletas são velhas conhecidas por aqui. Seja pela imponência, pela funcionalidade ou mesmo pela praticidade, este meio de transporte vem inundando não só as ruas, mas o coração dos brasileiros. De olho nisso, a 11ª edição do Salão Duas Rodas abre as portas entre os dias 4 e 9 de outubro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na Capital.

Antes mesmo de entrar no pavilhão, os visitantes já poderão sentir o clima. Na área externa haverá atrações, shows e test drives com motocicletas de algumas das principais marcas comercializadas no País.

Na área interna, acessórios, peças e equipamentos disputarão a atenção do público - estimado em 250 mil visitantes, informou a organização do evento.

A interatividade também não ficará de fora. Cine Bike, Simulador de Giro 360 graus e Simulador Moto Trial farão as honras da casa.

Mas se a sua intenção é mesmo ver motos, novidades não vão faltar.

A italiana Ducati vai antecipar a primeira apresentação pública da nova Streetfighter 848 durante o salão. O modelo chegará à Europa e Estados Unidos a partir de novembro, mas ainda não há previsão para o início das vendas por aqui, o que deverá acontecer ainda no primeiro semestre de 2012. Por enquanto mesmo, só agradará aos olhos.

A Kawasaki não confirma a previsão, mas deverá atacar com a Ninja 1000, que provavelmente será vendida no Brasil ainda neste ano. O destaque fica por conta da carenagem integral, dos faróis duplos e lanterna em LED, na traseira.

A Harley-Davidson participará pela primeira vez do evento e apresentará oito motocicletas da linha de 2012. Entre as novidades estão a Dyna Switchback, com 1000 cm³ de cilindrada e motor Twin Cam 96.

Já a BMW terá a nova R 1200 R Classic (um tributo à BMW R 1200 R) em seu estande. Dentre os modelos, farão presença as recém-chegadas K 1600 GT e K 1600 GTL, a superesportiva S 1000 RR, entre outras.

O lançamento oficial da Yamaha no Salão será a XT 660Z Ténéré.

A Kasinski apresentará sua linha de veículos movidos a energia elétrica e a versão naked da esportiva Comet GT 650R.

A Honda preferiu não adiantar detalhes do que levará ao evento. De acordo com a marca que mais vende motos no Brasil (cerca de 75% das comercializações totais) "ainda não há nada de concreto."

A feira estará aberta entre 14h e 22h, de 4 a e 8 de outubro. No dia 9, o horário será das 11h às 19h. Ingressos custam R$ 35 para adultos. Crianças e estudantes pagam R$ 17.

 

T4 ganha série especial

 

Apresentada durante o último Salão de São Paulo, a série especial Desert Storm, do Troller T4 - após pedidos de alguns clientes - chegou às revendas brasileiras.

Por R$ 96,9 mil, o modelo traz pintura especial na cor bege atacama fosco, em menção aos veículos usados em operações especiais nas áreas de deserto - sim, trata-se de um paralelo com o nome Desert Storm.

Com capota rígida removível na mesma cor da carroceria, a série (limitada a 45 unidades) tem na lista equipamentos o snorkel, além de guincho com capacidade para carregar 4,3 toneladas. Há ainda para-choques especiais, peito de aço, protetores de lanternas, ponteiras off-road com manilha, capa de estepe, grafismos laterais exclusivos e sobrecapa dos bancos em neoprene.

 

POR DENTRO

Mesmo com apelo fora de estrada, o jipinho não abandona o conforto. Fazem parte da lista de série: ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, desembaçador do vidro traseiro, faróis de neblina, santantônio, bagageiro de teto, eixo traseiro antiderrapante (Trac-Lok), rodas de alumínio, sistema de roda livre na dianteira, banco traseiro bipartido, rebatível e escamoteável e conector do sensor de velocidade para equipamento de navegação. Para se precaver durante as aventuras, o modelo calça pneus 255/75 R15 AT.

Assim como a versão convencional, a série Desert Storm traz sob o capô o bloco 3.0 turbodiesel de 163 cv e câmbio manual de cinco marchas. A tração é 4x4 com reduzida.

Do total produzido, já foram vendidas 20 unidades do modelo, disse Wilson Vasconcellos, gerente geral da Troller.

 

Modelo convencional muda preço

Na versão convencional, o Troller T4 não ganhou mudanças tão significativas. A mecânica permanece a mesma - com motor de Ranger (3.0 turbodiesel de 163 cv) - assim como a estética. Salvo a carroceria, que ganhou dois novos tons de pintura.

No interior, a linha 2012 traz novo acabamento interno com a carroceria pintada na cor do veículo.

De acordo com Carla Freire, supervisora de marketing da Troller, "ainda não há previsão para um novo produto, apenas reformulações."

Apesar de ter aumentado o preço em R$ 700 (agora parte de R$ 93.227), a Troller afirma que pensou no bolso do consumidor e oferece dois anos de garantia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Salão abre as portas na próxima semana

Vagner Aquino
do Diário do Grande ABC

28/09/2011 | 07:00


É fato que as motocicletas são velhas conhecidas por aqui. Seja pela imponência, pela funcionalidade ou mesmo pela praticidade, este meio de transporte vem inundando não só as ruas, mas o coração dos brasileiros. De olho nisso, a 11ª edição do Salão Duas Rodas abre as portas entre os dias 4 e 9 de outubro, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, na Capital.

Antes mesmo de entrar no pavilhão, os visitantes já poderão sentir o clima. Na área externa haverá atrações, shows e test drives com motocicletas de algumas das principais marcas comercializadas no País.

Na área interna, acessórios, peças e equipamentos disputarão a atenção do público - estimado em 250 mil visitantes, informou a organização do evento.

A interatividade também não ficará de fora. Cine Bike, Simulador de Giro 360 graus e Simulador Moto Trial farão as honras da casa.

Mas se a sua intenção é mesmo ver motos, novidades não vão faltar.

A italiana Ducati vai antecipar a primeira apresentação pública da nova Streetfighter 848 durante o salão. O modelo chegará à Europa e Estados Unidos a partir de novembro, mas ainda não há previsão para o início das vendas por aqui, o que deverá acontecer ainda no primeiro semestre de 2012. Por enquanto mesmo, só agradará aos olhos.

A Kawasaki não confirma a previsão, mas deverá atacar com a Ninja 1000, que provavelmente será vendida no Brasil ainda neste ano. O destaque fica por conta da carenagem integral, dos faróis duplos e lanterna em LED, na traseira.

A Harley-Davidson participará pela primeira vez do evento e apresentará oito motocicletas da linha de 2012. Entre as novidades estão a Dyna Switchback, com 1000 cm³ de cilindrada e motor Twin Cam 96.

Já a BMW terá a nova R 1200 R Classic (um tributo à BMW R 1200 R) em seu estande. Dentre os modelos, farão presença as recém-chegadas K 1600 GT e K 1600 GTL, a superesportiva S 1000 RR, entre outras.

O lançamento oficial da Yamaha no Salão será a XT 660Z Ténéré.

A Kasinski apresentará sua linha de veículos movidos a energia elétrica e a versão naked da esportiva Comet GT 650R.

A Honda preferiu não adiantar detalhes do que levará ao evento. De acordo com a marca que mais vende motos no Brasil (cerca de 75% das comercializações totais) "ainda não há nada de concreto."

A feira estará aberta entre 14h e 22h, de 4 a e 8 de outubro. No dia 9, o horário será das 11h às 19h. Ingressos custam R$ 35 para adultos. Crianças e estudantes pagam R$ 17.

 

T4 ganha série especial

 

Apresentada durante o último Salão de São Paulo, a série especial Desert Storm, do Troller T4 - após pedidos de alguns clientes - chegou às revendas brasileiras.

Por R$ 96,9 mil, o modelo traz pintura especial na cor bege atacama fosco, em menção aos veículos usados em operações especiais nas áreas de deserto - sim, trata-se de um paralelo com o nome Desert Storm.

Com capota rígida removível na mesma cor da carroceria, a série (limitada a 45 unidades) tem na lista equipamentos o snorkel, além de guincho com capacidade para carregar 4,3 toneladas. Há ainda para-choques especiais, peito de aço, protetores de lanternas, ponteiras off-road com manilha, capa de estepe, grafismos laterais exclusivos e sobrecapa dos bancos em neoprene.

 

POR DENTRO

Mesmo com apelo fora de estrada, o jipinho não abandona o conforto. Fazem parte da lista de série: ar-condicionado, direção hidráulica, trio elétrico, desembaçador do vidro traseiro, faróis de neblina, santantônio, bagageiro de teto, eixo traseiro antiderrapante (Trac-Lok), rodas de alumínio, sistema de roda livre na dianteira, banco traseiro bipartido, rebatível e escamoteável e conector do sensor de velocidade para equipamento de navegação. Para se precaver durante as aventuras, o modelo calça pneus 255/75 R15 AT.

Assim como a versão convencional, a série Desert Storm traz sob o capô o bloco 3.0 turbodiesel de 163 cv e câmbio manual de cinco marchas. A tração é 4x4 com reduzida.

Do total produzido, já foram vendidas 20 unidades do modelo, disse Wilson Vasconcellos, gerente geral da Troller.

 

Modelo convencional muda preço

Na versão convencional, o Troller T4 não ganhou mudanças tão significativas. A mecânica permanece a mesma - com motor de Ranger (3.0 turbodiesel de 163 cv) - assim como a estética. Salvo a carroceria, que ganhou dois novos tons de pintura.

No interior, a linha 2012 traz novo acabamento interno com a carroceria pintada na cor do veículo.

De acordo com Carla Freire, supervisora de marketing da Troller, "ainda não há previsão para um novo produto, apenas reformulações."

Apesar de ter aumentado o preço em R$ 700 (agora parte de R$ 93.227), a Troller afirma que pensou no bolso do consumidor e oferece dois anos de garantia.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;