Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Mantovani deixa Secretaria de Mobilidade

Orlando Filho/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ex-titular na gestão de José Auricchio Júnior, Marcelo Ferreira de Souza assume o posto interinamente


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

17/01/2015 | 07:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), promoveu a quarta troca de 2015 no primeiro escalão. Odair Mantovani foi exonerado da Pasta de Mobilidade Urbana de São Caetano. Marcelo Ferreira de Souza, que chefiou a secretaria durante a gestão do ex-prefeito José Auricchio Júnior (PTB), assume interinamente o cargo.

Apesar de Pinheiro estar em meio à discussão de mudança geral no primeiro escalão do Palácio da Cerâmica, a exoneração de Mantovani foi a pedido e confidenciada diretamente ao prefeito. Por nota, a Prefeitura confirmou a solicitação do ex-secretário para a demissão e relatou que Souza ficará na chefia até que o titular, de fato, seja escolhido.

Nos bastidores, o nome do ex-vereador Adauto Reggiani é o principal cotado para assumir o posto. Ele é um dos principais críticos do trabalho que era desempenhado por Mantovani e tem apresentado, em redes sociais, sugestões de soluções para os gargalos do trânsito em horários de pico no município.

A nomeação de Reggiani, entretanto, tem esbarrado na relação positiva que o ex-parlamentar possui com o ex-articulador político Antonio de Pádua Tortorello, que deixou o cargo em meio à polêmica acusação de que o vereador Chico Bento (PP) teria o ameaçado de morte com uma peixeira. Pinheiro considerou a versão do parlamentar, que negou a acusação. A indisposição de Reggiani com o parlamentar Fábio Palacio (PR), declarado oposicionista, é ponto positivo para driblar o impasse e chegar ao Paço.

Há dez dias, Pinheiro exonerou da direção do DAE (Departamento de Água e Esgoto) Wellington Kalil e das chefias de Governo e Saúde Sallum Kalil Neto.

A família Kalil foi nomeada por Pinheiro no começo da gestão, em janeiro de 2013. Sallum era considerado homem-forte da administração, com influência sobre a maioria das Pastas. A exoneração ocorreu dentro do planejamento de renovação do primeiro escalão para montar um governo com perfil mais político com vistas em amarras eleitorais para eleição de 2016, quando o peemedebista tentará renovar o mandato.

Luciano Bruno Gardill assumiu o DAE e Caio Willians Castro Júnior foi à Saúde de maneira interina. Nilson Bonome (PMDB) foi nomeado para a chefia Governo com a missão de fazer a Pasta funcionar como articuladora de projetos internos e fazer a relação política com o Legislativo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mantovani deixa Secretaria de Mobilidade

Ex-titular na gestão de José Auricchio Júnior, Marcelo Ferreira de Souza assume o posto interinamente

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

17/01/2015 | 07:00


O prefeito de São Caetano, Paulo Pinheiro (PMDB), promoveu a quarta troca de 2015 no primeiro escalão. Odair Mantovani foi exonerado da Pasta de Mobilidade Urbana de São Caetano. Marcelo Ferreira de Souza, que chefiou a secretaria durante a gestão do ex-prefeito José Auricchio Júnior (PTB), assume interinamente o cargo.

Apesar de Pinheiro estar em meio à discussão de mudança geral no primeiro escalão do Palácio da Cerâmica, a exoneração de Mantovani foi a pedido e confidenciada diretamente ao prefeito. Por nota, a Prefeitura confirmou a solicitação do ex-secretário para a demissão e relatou que Souza ficará na chefia até que o titular, de fato, seja escolhido.

Nos bastidores, o nome do ex-vereador Adauto Reggiani é o principal cotado para assumir o posto. Ele é um dos principais críticos do trabalho que era desempenhado por Mantovani e tem apresentado, em redes sociais, sugestões de soluções para os gargalos do trânsito em horários de pico no município.

A nomeação de Reggiani, entretanto, tem esbarrado na relação positiva que o ex-parlamentar possui com o ex-articulador político Antonio de Pádua Tortorello, que deixou o cargo em meio à polêmica acusação de que o vereador Chico Bento (PP) teria o ameaçado de morte com uma peixeira. Pinheiro considerou a versão do parlamentar, que negou a acusação. A indisposição de Reggiani com o parlamentar Fábio Palacio (PR), declarado oposicionista, é ponto positivo para driblar o impasse e chegar ao Paço.

Há dez dias, Pinheiro exonerou da direção do DAE (Departamento de Água e Esgoto) Wellington Kalil e das chefias de Governo e Saúde Sallum Kalil Neto.

A família Kalil foi nomeada por Pinheiro no começo da gestão, em janeiro de 2013. Sallum era considerado homem-forte da administração, com influência sobre a maioria das Pastas. A exoneração ocorreu dentro do planejamento de renovação do primeiro escalão para montar um governo com perfil mais político com vistas em amarras eleitorais para eleição de 2016, quando o peemedebista tentará renovar o mandato.

Luciano Bruno Gardill assumiu o DAE e Caio Willians Castro Júnior foi à Saúde de maneira interina. Nilson Bonome (PMDB) foi nomeado para a chefia Governo com a missão de fazer a Pasta funcionar como articuladora de projetos internos e fazer a relação política com o Legislativo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;