Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Doação de agasalho ainda é fraca na região


Leandro Calixto
Do Diário do Grande ABC

21/06/2005 | 08:06


A 10 dias do final da Campanha Regional do Agasalho, Santo André aparece na lanterna como a pior cidade do Grande ABC na arrecadação de roupas e cobertos. Apenas Rio Grande da Serra, a mais carente dentre as sete cidades, superou a meta inicial de arrecadação.

Até segunda à tarde, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), responsável pela coleta de agasalhos na cidade, só havia arrecado 5,5 mil peças das 20 mil estimadas pela Prefeitura. O pontapé inicial da campanha ocorreu no dia 19 de maio.

A surpresa da região está sendo Rio Grande da Serra, que já arrecadou 18 mil peças. O número supera todas as expectativas da organização, que esperava arrecadar aproximadamente 10 mil até o final da campanha, em 30 de junho. “Conseguimos mobilizar toda comunidade de Rio Grande. As escolas, através de seus alunos, entraram de cabeça na campanha e contamos com a participação expressiva das empresas”, explicou a vice-prefeita e presidente da Fundação de Ação Social de Rio Grande da Serra, Eleneci Arruda, sem esconder o entusiasmo com a participação da comunidade local.

Já o Semasa, de Santo André, informou que a baixa arrecadação até agora se deve ao fato da Instituição Amália Rodrigues ainda não ter repassado à Defesa Civil as peças arrecadas em 72 empresas da cidade. Este montante só será entregue ao final da campanha, quando o Semasa espera aumentar este número para, pelo menos, 20 mil.

Até agora, São Bernardo lidera o ranking de arrecadação no Grande ABC. A Prefeitura já conseguiu coletar 46 mil das 100 mil esperadas. O número aumentou na última semana, depois que o Tiro de Guerra realizou uma forte campanha nas ruas da cidade.   “Estamos fazendo um corpo-a-corpo em todos os bairros de São Bernardo. Acredito que até a próxima semana iremos bater nossa meta. Depois de um início morno, a campanha ganhou força em nossa cidade”, explicou a primeira-dama, Marilda Did. Todo material arrecadado será distribuído nas 126 entidades de São Bernardo.

Ao mesmo tempo que arrecadam agasalhos e cobertos, os voluntários de Diadema estão aproveitando a chance para também coletar alimentos não perecíveis. Mais de 100 quilos foram arrecadados. Já as peças de roupas coletadas até agora giram em torno de 28 mil das 50 mil esperadas.

Festa – Já em Mauá, a meta está quase sendo atingida. No último final de semana, o volume aumentou durante a realização da tradicional Festa Junina da Cidade. Já foram coletadas 11 mil das 15 mil estimadas. A Prefeitura de Ribeirão Pires acumula 13 mil das 20 mil planejadas.

A Prefeitura de São Caetano foi a única da região que não informou o balanço de arrecadação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doação de agasalho ainda é fraca na região

Leandro Calixto
Do Diário do Grande ABC

21/06/2005 | 08:06


A 10 dias do final da Campanha Regional do Agasalho, Santo André aparece na lanterna como a pior cidade do Grande ABC na arrecadação de roupas e cobertos. Apenas Rio Grande da Serra, a mais carente dentre as sete cidades, superou a meta inicial de arrecadação.

Até segunda à tarde, o Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), responsável pela coleta de agasalhos na cidade, só havia arrecado 5,5 mil peças das 20 mil estimadas pela Prefeitura. O pontapé inicial da campanha ocorreu no dia 19 de maio.

A surpresa da região está sendo Rio Grande da Serra, que já arrecadou 18 mil peças. O número supera todas as expectativas da organização, que esperava arrecadar aproximadamente 10 mil até o final da campanha, em 30 de junho. “Conseguimos mobilizar toda comunidade de Rio Grande. As escolas, através de seus alunos, entraram de cabeça na campanha e contamos com a participação expressiva das empresas”, explicou a vice-prefeita e presidente da Fundação de Ação Social de Rio Grande da Serra, Eleneci Arruda, sem esconder o entusiasmo com a participação da comunidade local.

Já o Semasa, de Santo André, informou que a baixa arrecadação até agora se deve ao fato da Instituição Amália Rodrigues ainda não ter repassado à Defesa Civil as peças arrecadas em 72 empresas da cidade. Este montante só será entregue ao final da campanha, quando o Semasa espera aumentar este número para, pelo menos, 20 mil.

Até agora, São Bernardo lidera o ranking de arrecadação no Grande ABC. A Prefeitura já conseguiu coletar 46 mil das 100 mil esperadas. O número aumentou na última semana, depois que o Tiro de Guerra realizou uma forte campanha nas ruas da cidade.   “Estamos fazendo um corpo-a-corpo em todos os bairros de São Bernardo. Acredito que até a próxima semana iremos bater nossa meta. Depois de um início morno, a campanha ganhou força em nossa cidade”, explicou a primeira-dama, Marilda Did. Todo material arrecadado será distribuído nas 126 entidades de São Bernardo.

Ao mesmo tempo que arrecadam agasalhos e cobertos, os voluntários de Diadema estão aproveitando a chance para também coletar alimentos não perecíveis. Mais de 100 quilos foram arrecadados. Já as peças de roupas coletadas até agora giram em torno de 28 mil das 50 mil esperadas.

Festa – Já em Mauá, a meta está quase sendo atingida. No último final de semana, o volume aumentou durante a realização da tradicional Festa Junina da Cidade. Já foram coletadas 11 mil das 15 mil estimadas. A Prefeitura de Ribeirão Pires acumula 13 mil das 20 mil planejadas.

A Prefeitura de São Caetano foi a única da região que não informou o balanço de arrecadação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;