Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 8 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Teatro de Mauá apresenta versão de ‘O Cortiço’


Do Diário Online

09/05/2003 | 10:55


Uma adaptação para o teatro do romance O Cortiço, de Aluísio Azevedo, estará em cartaz em Mauá, no Grande ABC. A história, que narra a vida e as intrigas dos moradores de habitações coletivas, será apresentada no Teatro Municipal de Mauá, na próxima terça-feira.

O espetáculo O Cortiço, adaptado por Augusto Vilela, relata o cotidiano de operários, cavouqueiros, malandros, soldados, imigrantes, comerciantes, lavadeiras e prostitutas, que são vizinhos em um cortiço. A peça conta, também, os desentendimentos causados pela ambição, pelo adultério, pela prostituição e pelas relações matrimoniais, que envolvem os moradores.

Os atores, do Núcleo Vaniarte, levam a obra literária de Aluísio Azevedo para os palcos do Municipal em dois horários: às 10h e às 20h. O ingresso custa R$ 7 e, antecipado, R$ 6.

O Teatro Municipal de Mauá fica na rua Gabriel Marques, s/nº, Centro, ao lado da Prefeitura. O telefone para informações é 4555-0086.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Teatro de Mauá apresenta versão de ‘O Cortiço’

Do Diário Online

09/05/2003 | 10:55


Uma adaptação para o teatro do romance O Cortiço, de Aluísio Azevedo, estará em cartaz em Mauá, no Grande ABC. A história, que narra a vida e as intrigas dos moradores de habitações coletivas, será apresentada no Teatro Municipal de Mauá, na próxima terça-feira.

O espetáculo O Cortiço, adaptado por Augusto Vilela, relata o cotidiano de operários, cavouqueiros, malandros, soldados, imigrantes, comerciantes, lavadeiras e prostitutas, que são vizinhos em um cortiço. A peça conta, também, os desentendimentos causados pela ambição, pelo adultério, pela prostituição e pelas relações matrimoniais, que envolvem os moradores.

Os atores, do Núcleo Vaniarte, levam a obra literária de Aluísio Azevedo para os palcos do Municipal em dois horários: às 10h e às 20h. O ingresso custa R$ 7 e, antecipado, R$ 6.

O Teatro Municipal de Mauá fica na rua Gabriel Marques, s/nº, Centro, ao lado da Prefeitura. O telefone para informações é 4555-0086.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;