Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 1 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Luiz Paulo coloca filho e mulher na direção do PR de Diadema

À frente da legenda há dois meses, parlamentar muda ambiente ao alçar sua família ao comando


Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

18/07/2015 | 07:00


No comando do PR de Diadema há dois meses, o vereador Luiz Paulo Salgado vem caracterizando seu legado em transformar o ambiente político em familiar. Junto com a comissão provisória que assumiu em 13 de maio a gerência da sigla, Luiz Paulo alçou o filho, João Pedro Salgado, na função de tesoureiro, e a mulher, Shirley Bento Salgado, integrante do corpo diretivo.

Além disso, levou a sede do diretório da Rua Silvio Donini, no Centro, para a Rua Louis Pasteur, no Parque Real, alocado dentro de um galpão de sua propriedade.

O partido, que se notabilizou em 2012 ao eleger quatro vereadores, ao lado PV, sendo segunda maior bancada – PT conquistou seis cadeiras –, é apenas sombra do processo eleitoral passado. Além de Luiz Paulo, foram eleitos Talabi Fahel, Reinaldo Meira e José Zito da Silva, o Zezito. Os dois últimos já fora da legenda.

Especialista em Direito Público, o advogado Leandro Petrin destacou que as nomeações feitas pelo parlamentar, do ponto de vista jurídico, “são legais”, descartando possível infração de nepotismo. “A regra se aplica somente em cargos públicos”. Petrin, porém, reconhece estranheza sob aspecto político. “Não me recordo de situações como esta em outras agremiações. Vejo que na questão do debate isso pode ser um pouco prejudicado, uma vez que um dos integrantes possa se ver sem espaço”, classificou.

“O critério para escolha deles foi de trabalho. Para termos pessoas que podemos confiar, temos de colocar as pessoas mais confiáveis”, justificou Luiz Paulo.

A condução de Luiz Paulo para liderar o PR se deu em meio a choque com o antigo presidente, o secretário de Transportes, José Carlos Gonçalves, que foi retirado da função por meio de intervenção estadual.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Luiz Paulo coloca filho e mulher na direção do PR de Diadema

À frente da legenda há dois meses, parlamentar muda ambiente ao alçar sua família ao comando

Leandro Baldini
Do Diário do Grande ABC

18/07/2015 | 07:00


No comando do PR de Diadema há dois meses, o vereador Luiz Paulo Salgado vem caracterizando seu legado em transformar o ambiente político em familiar. Junto com a comissão provisória que assumiu em 13 de maio a gerência da sigla, Luiz Paulo alçou o filho, João Pedro Salgado, na função de tesoureiro, e a mulher, Shirley Bento Salgado, integrante do corpo diretivo.

Além disso, levou a sede do diretório da Rua Silvio Donini, no Centro, para a Rua Louis Pasteur, no Parque Real, alocado dentro de um galpão de sua propriedade.

O partido, que se notabilizou em 2012 ao eleger quatro vereadores, ao lado PV, sendo segunda maior bancada – PT conquistou seis cadeiras –, é apenas sombra do processo eleitoral passado. Além de Luiz Paulo, foram eleitos Talabi Fahel, Reinaldo Meira e José Zito da Silva, o Zezito. Os dois últimos já fora da legenda.

Especialista em Direito Público, o advogado Leandro Petrin destacou que as nomeações feitas pelo parlamentar, do ponto de vista jurídico, “são legais”, descartando possível infração de nepotismo. “A regra se aplica somente em cargos públicos”. Petrin, porém, reconhece estranheza sob aspecto político. “Não me recordo de situações como esta em outras agremiações. Vejo que na questão do debate isso pode ser um pouco prejudicado, uma vez que um dos integrantes possa se ver sem espaço”, classificou.

“O critério para escolha deles foi de trabalho. Para termos pessoas que podemos confiar, temos de colocar as pessoas mais confiáveis”, justificou Luiz Paulo.

A condução de Luiz Paulo para liderar o PR se deu em meio a choque com o antigo presidente, o secretário de Transportes, José Carlos Gonçalves, que foi retirado da função por meio de intervenção estadual.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;