Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Adorável Aruba

Divulgação/ATA Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Sol o ano todo, praias que parecem pinturas e um povo hospitaleiro fazem da ilha do Caribe um cantinho do paraíso na Terra.


Marcela Munhoz

29/01/2015 | 07:00


‘Bon Biní.’ Provavelmente, ao chegar em Aruba, esta vai ser a primeira expressão que irá ouvir de um nativo. ‘Danki’ (obrigado) é a resposta para esse povo tão educado, um dos vários motivos para visitar a mágica ilha do Caribe de 180 quilômetros quadrados e muitos coelhos para tirar da cartola. Mais do que praias de cair o queixo com águas em centenas de tons de azul e areias branquinhas, Aruba oferece várias opções de resorts, restaurantes, compras e uma vida noturna bastante animada. Não à toa. Os arubianos são muito parecidos com os brasileiros quando se fala em festa.

Para aproveitar bem o que o local tem a oferecer reserve, ao menos, sete noites. Embora seja quente o ano todo, a melhor época para visitas é entre os meses de maio a setembro. Opte por se hospedar nos hotéis que ficam na região de Palm Beach ou Eagle Beach. Além dessas, inclua no hall de visitas obrigatórias as praias de Arashi Beach, Baby Beach e Rogers Beach. Tirando as duas últimas que necessitam de carro para chegar, é fácil e barato se locomover para as praias e para o centro (Oranjestad). Não é preciso de visto para entrar em Aruba, leve apenas protetor solar, máscara de mergulho e muita alegria para dividir.

THE PALM ISLAND. Reserve um dia todo para fazer esse passeio pela particular Palm Island. É possível fechar o pacote nos hotéis ou pela internet. Inclui almoço e bebidas pelo preço de R$ 200 por pessoa (em média). Um ônibus busca os turistas e leva até um barco com destino ao local. Os visitantes da ilha podem participar das atrações, como mini parque aquático, banana boat, sea trek e fazer mergulho. É uma ótima opção para as crianças. O pôr-do-sol de lá é realmente inspirador e fica melhor ainda admirar a paisagem enquanto faz uma massagem.

BABY BEACH. Pensa em uma praia perfeita. Trata-se da Baby Beach, eleita a segunda mais bonita do planeta pelos usuários do Trip Advisor. Localizada próxima à refinaria Valero, em San Nicolas, tem águas límpidas e calmas, parece uma piscina. Ganhou esse nome por ser bem rasa até para os ‘bebês’. Vale muito a pena a visita.

MASCOTE. Não se assuste ao dar de cara com lagartos/iguanas. Os bichinhos passeiam nas praias e ruas tranquilamente. O azul (foto) é o mais conhecido. Há até a praia Iguana Beach em homenagem aos fanfarrões.

RESORTS. Aruba oferece centenas de resorts incríveis. Todas as grandes redes possuem representantes. Cada hóspede pode aproveitar o serviço de praia e entrar em todos os outros hotéis. Alguns têm cassinos.

CARTÃO-POSTAL. As árvores da espécie divi-divi são as queridinhas da ilha. Símbolo de Aruba, a vegetação tem a característica de ser ‘retorcida’ e já nascer inclinada. Em Eagle Beach há um exemplar bem concorrido para tirar fotos. Vá de manhã bem cedo.

VOCÊ SABIA?
ORIGEM: Antes de ser descoberta pelos espanhóis em 1499, Aruba era habitada pelos índios Caquetios da tribo Arawak. Em 1636, os holandês invadiram a ilha e por lá ficaram por quase dois séculos. O território também foi tomado pelos ingleses até ganhar autonomia em 1986, embora ainda pertença ao Reino da Holanda.

ARUBIANOS: A população de Aruba – que gira em torno de 110 mil habitantes – merece destaque. Os arubianos são conhecidos pela simpatia e serventia. Uma curiosidade é que, mesmo vivendo lá, é comum se hospedarem em hotéis para comemorar algo ou convidar a família e amigos para passar um dia na praia ou piscina.

TEM MAIS

COMO CHEGAR: A Avianca (via Bogotá), a Copa Airlines (via Panamá) e a Gol (via Caracas) voam para Aruba. Também há cruzeiros de várias linhas que atracam na ilha ao longo do ano.

IDIOMA: As línguas oficiais dos arubanos são holandês e papiamento, mistura de português, espanhol, holandês, inglês e francês. No geral, os turistas se comunicam em inglês por lá.

MOEDA E FUSO:A moeda local é o florin arubiano (R$ 100 são 69.13 florins). As moedas de prata são divididas em valores de 5, 10, 50 centavos e 1 florin. O dólar também é aceito em todos os locais. Aruba está uma hora atrás do fuso de Brasília.

TRANSPORTE: É muito fácil se locomover por lá. Há serviço diário de transporte público ao longo da faixa hoteleira com tarifa de US$ 2,30/por viagem. Os táxis são tabelados e são aceitas carteiras de motoristas internacionais.

SITE OFICIAL: br.aruba.com. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Adorável Aruba

Sol o ano todo, praias que parecem pinturas e um povo hospitaleiro fazem da ilha do Caribe um cantinho do paraíso na Terra.

Marcela Munhoz

29/01/2015 | 07:00


‘Bon Biní.’ Provavelmente, ao chegar em Aruba, esta vai ser a primeira expressão que irá ouvir de um nativo. ‘Danki’ (obrigado) é a resposta para esse povo tão educado, um dos vários motivos para visitar a mágica ilha do Caribe de 180 quilômetros quadrados e muitos coelhos para tirar da cartola. Mais do que praias de cair o queixo com águas em centenas de tons de azul e areias branquinhas, Aruba oferece várias opções de resorts, restaurantes, compras e uma vida noturna bastante animada. Não à toa. Os arubianos são muito parecidos com os brasileiros quando se fala em festa.

Para aproveitar bem o que o local tem a oferecer reserve, ao menos, sete noites. Embora seja quente o ano todo, a melhor época para visitas é entre os meses de maio a setembro. Opte por se hospedar nos hotéis que ficam na região de Palm Beach ou Eagle Beach. Além dessas, inclua no hall de visitas obrigatórias as praias de Arashi Beach, Baby Beach e Rogers Beach. Tirando as duas últimas que necessitam de carro para chegar, é fácil e barato se locomover para as praias e para o centro (Oranjestad). Não é preciso de visto para entrar em Aruba, leve apenas protetor solar, máscara de mergulho e muita alegria para dividir.

THE PALM ISLAND. Reserve um dia todo para fazer esse passeio pela particular Palm Island. É possível fechar o pacote nos hotéis ou pela internet. Inclui almoço e bebidas pelo preço de R$ 200 por pessoa (em média). Um ônibus busca os turistas e leva até um barco com destino ao local. Os visitantes da ilha podem participar das atrações, como mini parque aquático, banana boat, sea trek e fazer mergulho. É uma ótima opção para as crianças. O pôr-do-sol de lá é realmente inspirador e fica melhor ainda admirar a paisagem enquanto faz uma massagem.

BABY BEACH. Pensa em uma praia perfeita. Trata-se da Baby Beach, eleita a segunda mais bonita do planeta pelos usuários do Trip Advisor. Localizada próxima à refinaria Valero, em San Nicolas, tem águas límpidas e calmas, parece uma piscina. Ganhou esse nome por ser bem rasa até para os ‘bebês’. Vale muito a pena a visita.

MASCOTE. Não se assuste ao dar de cara com lagartos/iguanas. Os bichinhos passeiam nas praias e ruas tranquilamente. O azul (foto) é o mais conhecido. Há até a praia Iguana Beach em homenagem aos fanfarrões.

RESORTS. Aruba oferece centenas de resorts incríveis. Todas as grandes redes possuem representantes. Cada hóspede pode aproveitar o serviço de praia e entrar em todos os outros hotéis. Alguns têm cassinos.

CARTÃO-POSTAL. As árvores da espécie divi-divi são as queridinhas da ilha. Símbolo de Aruba, a vegetação tem a característica de ser ‘retorcida’ e já nascer inclinada. Em Eagle Beach há um exemplar bem concorrido para tirar fotos. Vá de manhã bem cedo.

VOCÊ SABIA?
ORIGEM: Antes de ser descoberta pelos espanhóis em 1499, Aruba era habitada pelos índios Caquetios da tribo Arawak. Em 1636, os holandês invadiram a ilha e por lá ficaram por quase dois séculos. O território também foi tomado pelos ingleses até ganhar autonomia em 1986, embora ainda pertença ao Reino da Holanda.

ARUBIANOS: A população de Aruba – que gira em torno de 110 mil habitantes – merece destaque. Os arubianos são conhecidos pela simpatia e serventia. Uma curiosidade é que, mesmo vivendo lá, é comum se hospedarem em hotéis para comemorar algo ou convidar a família e amigos para passar um dia na praia ou piscina.

TEM MAIS

COMO CHEGAR: A Avianca (via Bogotá), a Copa Airlines (via Panamá) e a Gol (via Caracas) voam para Aruba. Também há cruzeiros de várias linhas que atracam na ilha ao longo do ano.

IDIOMA: As línguas oficiais dos arubanos são holandês e papiamento, mistura de português, espanhol, holandês, inglês e francês. No geral, os turistas se comunicam em inglês por lá.

MOEDA E FUSO:A moeda local é o florin arubiano (R$ 100 são 69.13 florins). As moedas de prata são divididas em valores de 5, 10, 50 centavos e 1 florin. O dólar também é aceito em todos os locais. Aruba está uma hora atrás do fuso de Brasília.

TRANSPORTE: É muito fácil se locomover por lá. Há serviço diário de transporte público ao longo da faixa hoteleira com tarifa de US$ 2,30/por viagem. Os táxis são tabelados e são aceitas carteiras de motoristas internacionais.

SITE OFICIAL: br.aruba.com. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;