Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

PM apreende documentos para Justiça do Paraná

Ação pode provar fraude em licitação de Londrina


Rafael Ribeiro
do Diário do Grande ABC

31/08/2012 | 07:00


Policiais militares da Força Tática de São Caetano cumpriram ontem mandado de busca e apreensão nas ruas Amazonas e Maranhão, no bairro Boa Vista, a pedido do MP (Ministério Público) do Paraná. O objetivo era encontrar documentos e computadores de fornecedores de materiais escolares a prefeituras de todo o Brasil. A suspeita é de que essas empresas, que têm filial na região, pertençam a um mesmo dono e eram usadas para simular disputa de preços em licitação do poder municipal de Londrina (PR).

A investigação da CEI (Comissão Especial de Inquérito) da Educação da Câmara de Londrina mostrou que os responsáveis usavam as diversas empresas para inflacionar preços. Neste caso específico, para que a cidade paranaense pagasse o mesmo valor obtido por eles em São Bernardo em contratos firmados pouco antes.

Na terça-feira, três pessoas foram presas pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) local acusados de formação de quadrilha, fraude, peculato e corrupção ativa. Marcos Divino Ramos e José Lemes foram detidos no aeroporto de Curitiba, capital paranaense, enquanto Pedro Bressiani foi capturado em Apucarana (PR).

O trio é ligado à G8, empresa que tinha filial na cidade do Grande ABC. Além dela, foram encontrados ontem documentos e notas fiscais de pelo menos outras quatro empresas. O objetivo do MP paranaense é provar que elas pertencem às mesmas pessoas.

Ações similares foram realizadas em cidades do interior paulista, como Matão, onde mantinham escritórios. Mais de 50 municípios de São Paulo aparecem entre os clientes, como Santo André, Diadema e Mauá. Mas, por enquanto, o MP e a Polícia Civil paulista não têm informações sobre irregularidades cometidas em tais licitações. O material apreendido será encaminhado às autoridades paranaenses.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;