Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 25 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Três pedidos de comissoes processantes sao rejeitados pela Câmara


Do Diário do Grande ABC

17/08/1999 | 19:56


Três dos cinco pedidos para instalaçao de comissoes processantes apresentados na semana passada por vereadores governistas foram rejeitados nesta terça-feira pela Comissao de Constituiçao e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal. Os pedidos de julgamento contra Arselino Tatto (PT), Ana Maria Quadros (PSDB) e Paulo Roberto Faria Lima (PMDB) - apresentado pelo próprio acusado - foram rejeitados por falta de provas e lógica jurídica.

A abertura de processo contra Maria Helena (PL) e Antônio Salim Curiati Junior (PPB) foram retirados pelo autor, Miguel Colasuonno (PPB). "Analisei melhor e reconheço que houve exageros contra o Curiati Júnior e decidi aguardar as investigaçoes policiais contra a Maria Helena", justificou Colasuonno. A oposiçao acredita que a tática da ala governista, que defende a Comissao Processante como forma rápida de apuraçao de denúncias de irregularidades, é evitar uma nova Comissao Parlamentar de Inquérito (CPI).

Sem provas concretas, as Comissoes Processantes correm o risco de serem suspensas ou anuladas por decisao judicial. Além disso, com sete Comissoes Processantes em andamento nao haveria vereadores suficientes para integrar uma eventual CPI. A Câmara Municipal tem 55 vereadores, dos quais 14 integram as duas comissoes que devem concluir os seus trabalhos entre o fim deste mês e o início de setembro.

Indeferido - As comissoes processantes que analisam as denúnicas contra a vereadora Maeli Vergniano (sem partido) e o vereador José Izar (PFL) rejeitaram nesta terça-feira o segundo pedido consecutivo dos parlamentares para prorrogar o prazo de entrega da suas defesas. Os dois prazos vencem nesta quarta-feira (18).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;