Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 23 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Duas faces da moeda para Lauro pós-pleito


Raphael Rocha

12/10/2018 | 07:00


O prefeito Lauro Michels (PV), de Diadema, saiu da eleição de domingo com dúvida na cabeça. De um lado, a felicidade por ter emplacado seu aliado Márcio da Farmácia (Podemos) como deputado estadual. Márcio e Lauro caminham lado a lado desde 2010, quando ambos, ainda no PSDB, peitaram o então cacique José Augusto da Silva Ramos (PSDB). O triunfo de Márcio, hoje vice-prefeito, quebra jejum de oito anos da cidade sem um deputado estadual eleito. Por outro lado, o ex-prefeito de São Bernardo e candidato do PT ao governo paulista, Luiz Marinho, venceu em território diademense. Recebeu 60.066 votos, o que pode ser interpretado como uma onda petista na cidade, que por 30 anos foi administrada por um militante da sigla. Ou seja, se a eleição de Márcio pode demonstrar força do governo Lauro, o triunfo de Marinho indica que o município pode buscar a mudança em 2020.

Aparar as arestas
Aliás, Lauro Michels (PV) e Márcio da Farmácia (Podemos) estiveram na Câmara de Diadema, para conversar com vereadores e agradecer a eleição do vice-prefeito para a Assembleia Legislativa. Questionado por jornalistas sobre saias justas durante o pleito – como a retirada da candidatura de Marcos Michels (PSB) a deputado estadual e dobradas externas de Regina Gonçalves (PV), candidata do governo à Câmara Federal –, Márcio contemporizou. “A Regina me ajudou demais. Marcos Michels foi grande parceiro. Teve leitura política, nem são todos que fazem. A vaidade costuma ir primeiro. Ele entendeu que haveria divisão de votos.”

Feriadão
Por falar em Diadema, os vereadores decidiram realizar a sessão mais cedo, às 10h. Encerraram os trabalhos rapidamente e foram aproveitar o feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida. As sessões costumam acontecer às 14h.

Superstição
Deputado estadual eleito, Thiago Auricchio (PR) mantém algumas superstições. Uma delas, por exemplo, é a de sair apenas pela porta na qual entrou nos estabelecimentos. “Nunca saio por onde não entrei”, revelou o republicano.

Estratégia
Grupo de apoio à candidatura à reeleição do governador Márcio França (PSB) se reuniu ontem, no escritório do deputado federal Alex Manente (PPS), para discutir ações para o segundo turno. Os deputados eleitos Márcio da Farmácia (Podemos) e Thiago Auricchio (PR), os prefeitos Lauro Michels (PV-Diadema) e Gabriel Maranhão (sem partido-Rio Grande da Serra), além de outras lideranças, participaram do encontro.
 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;