Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Tão bom quanto o original


Thais Villaça
Especial para o Diário

20/02/2007 | 19:11


Após cinco anos de bastante trabalho, o bancário Wagner Atolino, 36 anos, viu o carro dos seus sonhos ficar pronto no fim do ano passado: uma réplica do Porsche 550 Spider, mesmo modelo com que o ator norte-americano James Dean sofreu o acidente que causou a sua morte, em 1955.

Atolino até hoje surpreende-se pelo fato de ter conseguido o molde para montar a réplica. “Esse carro não existe no Brasil. Apenas uma unidade foi trazida ao país pela família Fittipaldi para participar de competições”, conta.

Mas o Spider ganhou toques pessoais para ficar com a cara do dono, que mexeu em alguns detalhes como rodas, faróis, bancos e na parte mecânica. “Queria ter algo exclusivo. Pode haver carros parecidos na rua, mas nenhum igual ao meu ”, diz. 

Sob o capô ronca um motor de 1.600 cilindradas com carburação dupla e turbina. No total, o bancário estima ter gasto cerca de R$ 35 mil para deixar o modelo pronto.

Proprietários de modelos exclusivos como este muitas vezes acabam deixando o carro mais tempo na garagem que na rua. Não é o caso. Atolino costuma rodar bastante com o automóvel, como em dias de rodízio do seu Volkswagen Gol, e garante que chama atenção por onde passa. “Só não saio mais porque ele faz 3 km/l de álcool e fica inviável economicamente.”

Caso surgisse uma oportunidade, ele afirma que venderia seu Spider contanto que por um preço justo.

Mas o dinheiro não o faria comprar um veículo de passeio atual, e sim fazer uma nova réplica. “Mas acredito que escolheria um outro modelo da Porsche ou um Shelby Cobra.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;