Publicado em segunda-feira, 12 de abril de 1999 às 19:17

Fernanda Montenegro recebe a Ordem Nacional do Mérito

A atriz Fernanda Montenegro foi condecorada nesta segunda pelo presidente Fernando Henrique Cardoso com a mais alta comenda concedida a um cidadao: gra-cruz da Ordem Nacional do Mérito. Sob aplausos de dezenas de artistas e autoridades, em uma solenidade incomum no Palácio do Planalto, bastante concorrida e carregadade emoçao, Fernanda Montenegro comparou, em seu discuros, a personagem Dora do filme "Central do Brasil" - a escrevedora de cartas para os analfabetos - à professora primária Carmosina Meneses, que a alfabetizou e fez um apelo ao presidente: que transforme as Doras em Carmosinas. "O País lhe deu esse poder", disse, sob aplausos dos quase 200 convidados.

"Precisamos de muitas Carmosinas e nenhuma Dora", prosseguiu Fernanda, que passou a narrar o seu sonho: "que as Doras sejam resgatadas desses ônibus perdidos que atravessam esse nosso sertao de miséria e que a elas seja dada, pelo menos, uma parcela daquele reconhecimento e respeito social das professoras Carmosinas do meu tempo de infância".

O presidente, dona Ruth e a atriz desceram a rampa interna do Planalto sob aplausos da platéia, em pé. Mesmo tendo feito um "treino" para que nao se desequilibrasse na rampa, Fernanda Montenegro desceu com muito cuidado, se equilibrando e deu um suspiro de alívio quando chegou ao salao, onde foi cumprimentada pelo presidente do Congresso, Antônio Carlos Magalhaes. Em seguida, todos assistiram a um vídeo com os principais trabalhos que a atriz participou.

Em seu discurso, FHC elogiou Fernanda, exaltou o novo prêmio que ela recebeu no último final de semana na Inglaterra e falou do seu talento. Bem-humorado, depois de lembrar que ele e dona Ruth fazem parte da geraçao da atriz, o presidente brincou: "nunca consegui nem cantar, nem ser ator, nem ir para o cinema. Ababei político".

Prêmio - Fernando Henrique aproveitou para anunciar a criaçao de um prêmio nacional de cinema, uma espécie de Oscar brasileiro, para homenagear toda a produçao brasileira. O prêmio será concedido pelo Ministério da Cultura, a partir do segundo semestre desse ano.

O momento de maior emoçao da solenidade foi quando Fernanda Montenegro agradeceu ao seu marido, Fernando Torres, que chorou copiosamente. Estiveram ainda presentes na cerimônia os atores Tônia Carreiro, Bibi Ferreira, Sérgio Mambert, Regina Duarte, Milton Gonçalves, Mauro Mendonça, Fernanda Torres (filha da homenageada), Stênio Garcia, entre outros. A ex-detenta Socorro Nobre, que inspirou Walter Salles, no filme "Central do Brasil" também participou da homenagem.



Veja Também

Tags

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Revista Playboy Revista Sexy Palmeiras Corinthians São Paulo Santos Santo André São Bernardo São Caetano Diadema Ribeirão Pires Mauá Rio Grande da Serra Grande ABC Ronan Maria Pinto

Action 'Detalhe :: Index', Execute: 0,736s, Render: 0,726s.