Fechar
Publicidade

Setecidades

Publicado em quarta-feira, 11 de agosto de 2010 às 07:07 Histórico

Esgoto jorra de garagem há 15 dias

Vazamento de esgoto na Rua Giácomo Versolato, no bairro Nova Petrópolis, em São Bernardo, causa diversos transtornos. O problema começou no dia 28. A Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) informou que vistoriou o local e hoje irá realizar a manutenção.

"O esgoto jorra da minha garagem e da tampa de esgoto em frente a minha casa. Ninguém aguenta mais o mau cheiro e essa água suja. Já cansamos de ligar na Sabesp", disse o aposentado Antonio Salton, 66 anos.

Segundo Salton, o vazamento começou há 15 dias. "Então liguei, para a Sabesp. Dois dias depois veio uma equipe, entrou na caixa de inspeção e verificou que a manilha da rede que liga a minha casa está destruida, e não voltaram para fazer o reparo. Passados alguns dias veio outra equipe tapar o buraco - não deixei porque o serviço não havia sido realizado."

Salton afirma que tem diversos números de protocolo e que foi ontem pessoalmente ao escritório da empresa para resolver o problema. "Os meus vizinhos estão reclamando. Acho um absurdo essa demora para realizar um reparo", afirmou o aposentado.

A Sabesp informou que no dia 6 (sexta-feira), as equipes estiveram no local para a execução do serviço de desobstrução, o que não pôde ser realizado pela constatação de que havia necessidade de conserto, pois a rede encontrava-se avariada.

Na mesma data, segundo a companhia, o local foi demarcado e o conserto será executado hoje, conforme programação da empresa. A promessa é de que a reposição da capa asfáltica será executada no prazo máximo de 72 horas.

Salton mora há três anos neste endereço e afirma que nunca teve problema com a Sabesp. "Foi a primeira vez e espero não ter mais que acioná-los. Aguardo que consertem neste prazo."



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC