Fechar
Publicidade

Política

Publicado em domingo, 3 de agosto de 2014 às 07:00 Histórico

S.Caetano terá base da GCM em divisa

Orlando Filho/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O secretário de Segurança de São Caetano, Marco Antonio Barreiras, anuncia que vai construir base 24 horas da GCM (Guarda Civil Municipal) no entroncamento da Avenida Guido Aliberti com a Avenida Almirante Delamare, na divisa com a Capital. O local figura como reclamação histórica do são-caetanense por conta do alto índice de assaltos a veículos na chegada de São Paulo ao município.

A proposta é intimidar a ação de criminosos no local com a presença de guardas municipais equipados com viaturas, armamento, rádios, entre outros itens. O secretário também pretende disponibilizar o espaço para uso de policiais militares. “É reclame antigo da população, acredito que até o fim do ano a base será entregue”, destaca Barreiras.

Fortalecimento do efetivo da GCM é destacado pelo secretário para fortalecer a política de bases na cidade, um dos compromissos de campanha do prefeito Paulo Pinheiro (PMDB). A corporação passará a ter 474 oficiais, além da implantação da atividade diferenciada (bico de policiais), que aumenta o número em 20 homens ao dia. “Dessa forma conseguimos manter o funcionamento das bases 24 horas, o que era pedido da população.”

Apesar do investimento, Barreira diz não ser defensor da política de implantação de bases em todos os bairros do município. “Pessoalmente analisaria a possibilidade de ter bases móveis, mas é exigência da população. Onde não tem base tem viatura fazendo ronda”, explica.

Com a aprovação do marco regulatório das guardas-civis municipais pelo Congresso – depende da sanção da presidente Dilma Rousseff (PT) –, Barreiras pretende acelerar a discussão do Estatuto da GCM. “Vou pegar os estudos que foram feitos e ampliar. Algumas questões inconstitucionais precisam ser revistas”, alega. O pensamento do secretário é de implantar sistema de concursos internos e merecimento para promoção. “Tem de ser critérios bem objetivos e temos de tomar cuidado para não termos muita gente para mandar e poucas para serem mandadas”, alerta.

Outro fortalecimento de ronda ostensiva deve entrar em ação nos próximos dias. A operação delegada, que pretendo trazer 16 policiais militares ao dia para a cidade, está acertada com o governo do Estado. “A sensação de insegurança da população será invertida. O bandido é que vai se sentir inseguro em São Caetano”, declara Barreiras.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC