Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Metalúrgicos inauguram escola com presença de Lula

Trabalhadores poderão realizar cursos de
formação de curta duração ou técnicos de 3 anos


Leone Farias
Do Diário do Grande ABC

06/12/2013 | 07:13


O Sindicato dos Metalúrgicos do ABC inaugurou oficialmente ontem, em evento com a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a Escola Livre de Formação Integral Dona Lindu, localizada na subsede regional da entidade, em Diadema. O nome é uma homenagem à mãe de Lula, responsável pelo ingresso dele em curso de torneiro mecânico do Senai.

Lula lembrou quando, em 1973, era dirigente do sindicato e realizou parceria para ter escola técnica na subsede em Diadema. “Em 1978 encerramos as aulas, pois percebemos que a escola estava sendo frequentada por pessoas mais abonadas, e não pela ‘peãozada’”, disse, ao pedir ao presidente do sindicato, Rafael Marques, que faça uma escola voltada ao trabalhador comum, e sem depender do governo federal.

Segundo Marques, ter uma escola era um sonho antigo da categoria. Há mais de 20 anos já eram oferecidos no local cursos aos trabalhadores, muitos deles em convênio com instituições de ensino técnico, como o Senai, mas agora o espaço passa a ter estrutura e instalações próprias para essa finalidade, em área de 2.000 m² construída especialmente para abrigar as aulas, o que demandou cerca de R$ 1,2 milhão com as obras e compras de equipamentos.

Atualmente, já são oferecidos oito cursos de formação continuada (de curta duração), em parceria com o Senai, como matemática aplicada à mecânica, eletricista instalador e AutoCad 2D. E outros dois com o Instituto Federal de São Paulo (técnico em Informática e em Administração), que levam três anos para conclusão. Para 2014, a gama será ampliada. Haverá mais três, sendo um técnico e dois de curta duração.

A expectativa é que, com as novas instalações, o espaço atenda cerca de 5.000 alunos até julho. Marques cita que já há conversas com a Fatec e a UFABC para mais opções para quem deseja se qualificar.

Colaborou Raphael Rocha
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados