Fechar
Publicidade

Política

Publicado em terça-feira, 6 de agosto de 2013 às 07:00 Histórico

Pinheiro libera aliados para apoiar candidaturas de deputados em 2014

O cenário de congestionamento entre candidatos a deputados estadual e federal em São Caetano também será revertido ao Palácio da Cerâmica. O prefeito, Paulo Pinheiro (PMDB), sinalizou que vai liberar aliados para trabalhar em campanhas aleatórias, sem impor nomes na base governista.

“Preciso conversar com o pessoal do PMDB estadual e ver como vamos fazer na eleição. Minha intenção é fortalecer o meu partido. Preferia ter candidatura da cidade, só que não tem nada definido. Mas, vai ter gente no meu governo apoiando outras candidaturas e não posso proibir. Quem estiver ligado a um deputado vai fazer campanha para ele, isso é normal”, afirmou Pinheiro.

Enquanto o PMDB não se define, o prefeito já anunciou apoio a dois nomes: o deputado federal Arnaldo Faria de Sá (PTB), que tentará reeleição, e o pré-candidato a estadual pelo PT e presidente do São Bernardo Futebol Clube, Luiz Fernando Teixeira. “Vou dar condição para essas pessoas serem ajudadas. O Luiz Fernando é um candidato que tem vivência na região e uma proposta regional. O Arnaldo Faria de Sá sempre esteve comigo. Mas, aqui (São Caetano), vai ter gente apoiando até (os deputados estaduais) Orlando Morando (PSDB-São Bernardo) e Alex Manente (PPS-São Bernardo)”, comentou.

Líder do governo Pinheiro na Câmara, o vereador Jorge Salgado (PTB) pertence ao grupo de apoio de Morando. Por outro lado, as bancadas do PPS e do PSD já estão fechadas com a tentativa de reeleição de Alex. Pinheiro conta com apoio total da Casa.

Cotado para integrar o primeiro escalão, o parlamentar Beto Vidoski (PSDB) tem aval da executiva do partido no Estado para tentar uma vaga na Assembleia Legislativa. O tucano teria condições de puxar aliados do prefeito.

Eleito presidente da Câmara com apoio de Pinheiro, Sidnei Bezerra da Silva, o Sidão (PSB), se coloca como pré-candidato à Assembleia Legislativa e tem intenção de puxar apoio do Palácio da Cerâmica. O socialista, no entanto, continua fora de sintonia com o prefeito por ter apoiado duas tentativas de CPI.

O PMDB local, comandado pela assessora especial do Paço e filha do prefeito, Gica Pinheiro, ainda não tocou no assunto eleição. Apenas os nomes da atual mandatária e dos outros dois filhos de Pinheiro (Paulinho e Leandro) foram ventilados como candidatos, mas não decolaram. O mandatário do partido em Santo André e pré-candidato a deputado estadual, Nilson Bonome, é quem deve representar a sigla na cidade.

Bonome tem bom relacionamento com o secretário de Planejamento e Gestão e integrante do comando paulista do PMDB, Jarbas Elias Zuri. O presidente do partido em São Paulo, o deputado estadual Baleia Rossi, pode tentar vaga na Câmara Federal em dobrada com o mandatário andreense. Bonome também tem relação estreita com Arnaldo Faria de Sá.

Fora da alçada do Paço, ainda há a intenção de Gilberto Costa (PEN) tentar cadeira de deputado federal e Cláudio Demambro de deputado estadual.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC