Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Marcelo Lima terá de permanecer no PPS

Fracasso na criação da MD afunda planos do parlamentar de São Bernardo de trocar de legenda, mesmo isolado no partido


Rogério Santos
Do Diário do Grande ABC

03/08/2013 | 07:00


A fracassada fusão entre PPS e PMN para criar a MD foi um balde de água fria nos planos do vereador de São Bernardo Marcelo Lima (PPS), que aguardava o surgimento da nova legenda para ter respaldo jurídico e trocar de partido sem correr risco de ser enquadrado por infidelidade partidária.

Marcelo foi sondado pelo PTB, com a garantia de legenda para ser candidato a deputado estadual e comandar o diretório local da sigla, que passará por reestruturação após a saída do vice-prefeito, Frank Aguiar.

De acordo com a resolução 22.610/2007 do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), que versa sobre o processo de perda de cargo eletivo e de justificativa para desfiliação partidária, os partidos políticos podem pedir na Justiça Eleitoral a perda de cargo eletivo em decorrência de desfiliação partidária sem justa causa.

Entende-se por justa causa “a incorporação ou fusão de partido, a criação de nova sigla, a mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário e a grave discriminação pessoal”. Não é o caso de Marcelo.

Agora, o futuro do parlamentar no PPS segue indefinido. “Ele continua no partido, mesmo que ele não queira”, disse o presidente do diretório local da sigla, André Sicco. Apesar do discurso do mandatário, o vereador está isolado no partido e seu futuro segue indefinido.

Segundo vereador mais votado da cidade em 2012, com 6.445 votos, Marcelo Lima era a primeira opção era opção entre os popular-socialistas para ser candidato a deputado estadual em 2014.

Mas ele não tem seguido a linha de oposição ao prefeito, Luiz Marinho (PT), adotada pelo PPS na Câmara. No primeiro semestre ele não assinou o pedido de CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) dos uniformes.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados