Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 21 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8338

Mais Médicos registra só
oito inscrições na região

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Ao todo Grande ABC solicitou 93 profissionais;
Ministério da Saúde disse que abrirá outra seleção


Thaís Moraes
Do Diário do Grande ABC

03/08/2013 | 07:00


Embora os municípios do Grande ABC tenham solicitado total de 93 profissionais para o programa Mais Médicos, lançado pelo Ministério da Saúde para ampliar a oferta de profissionais na atenção básica na rede pública, apenas oito médicos se inscreveram para trabalhar na região. Em lista divulgada pela Pasta, consta a inscrição de dois profissionais para Santo André, dois para São Bernardo, dois para São Caetano e dois para Ribeirão Pires.

Mauá e Rio Grande da Serra também aderiram, mas ninguém realizou inscrição para trabalhar em ambos os municípios. Diadema, cidade com o maior deficit de profissionais (cerca de 80) não aderiu à iniciativa. De acordo com a Prefeitura, a adesão não foi possível devido a problemas técnicos no site do ministério. A partir do dia 15, médicos e municípios que não participaram da primeira chamada do projeto terão outra chance para efetuar a inscrição.

Na região, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra são as únicas cidades classificadas como prioritárias pelo Ministério da Saúde, mas todas as outras também puderam se inscrever. Mauá solicitou 46 profissionais; São Bernardo, 20; Santo André, 14; Ribeirão Pires, 7; e Rio Grande da Serra, 6. Apesar de São Caetano estar inserido na lista de adesão, a Prefeitura informou que o cadastro foi feito automaticamente por conta do convênio com o Provab (Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção Básica), do governo federal. Entretanto, o município optou por não aderir ao programa.

A secretária de Saúde de Mauá e integrante do GT (Grupo de Trabalho) Saúde do Consórcio Intermunicipal, Lumena Furtado, não enxerga a baixa adesão de forma pessimista. “Acredito que o número está dentro do esperado e continuo bastante esperançosa porque esta ainda é a primeira chamada. Acho que é exatamente pela dificuldade em ter médicos que deve existir um programa como esse”, destaca.

Já o diretor da FMABC (Faculdade de Medicina do ABC), única instituição de ensino que forma médicos na região, Adilson Casemiro Pires, estranhou a baixa adesão, mas justificou o cenário. “Acho que o fato de ser uma bolsa com duração de três anos causa incerteza aos profissionais. Na região, a rede privada também absorve os médicos com facilidade por conta da grande quantidade de clínicas e hospitais”, analisa.

NACIONAL

O programa Mais Médicos foi criado com o objetivo de levar profissionais para atuar durante três anos nas áreas mais carentes do Brasil. Quem aderir receberá bolsa de R$ 10 mil mensais, além de ajuda de custo. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

No primeiro mês de inscrições, 1.753 médicos foram selecionados para atuar em 626 municípios em todo o País. Os escolhidos que possuem registro válido terão até as 16h de amanhã para homologar a participação no programa e assinar termo de compromisso, confirmando o interesse na cidade indicada. Do total de vagas escolhidas, 51,3% estão no Interior e 48,6% nas periferias de capitais e regiões metropolitanas.

De acordo com o Ministério da Saúde, as adesões continuarão. Com a primeira fase, apenas 11% dos postos de trabalho devem ser preenchidos, já que a demanda total no Brasil é de 15.460 médicos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados