Fechar
Publicidade

Esportes

Publicado em domingo, 3 de junho de 2012 às 14:37 Histórico

Tocha olímpica passa pela Irlanda do Norte

A tocha olímpica iniciou neste domingo o período de cinco dias de revezamento pela Irlanda do Norte. O primeiro dia foi marcado pela forte emoção e sem sinais de problemas no território, com protestantes e católicos prometendo mostrar ao mundo o quão unida a comunidade se tornou depois de quatro décadas de conflito.

 

A polícia disse que implementou medidas extras de segurança para impedir que membros do IRA, um grupo paramilitar católico que defende a separação da Irlanda do Norte do Reino Unido, tentasse atrapalhar o evento. Mas a tocha circulou sem segurança incomum evidente.

 

Assim como durante as suas duas primeiras semanas em solo britânico, na Inglaterra e País de Gales, a multidão esteve livre para ficar ao lado do trajeto de carregamento da tocha, que na Irlanda do Norte passará por todas as regiões do país até quinta-feira.

 

A chama irá atravessar a fronteira com a Irlanda na quarta-feira e passará por Dublin, em uma demonstração da boa relação entre britânicos e irlandeses e também da cooperação entre os dois governos da ilha da Irlanda.

 

O revezamento da tocha neste domingo começou na zona das docas de Belfast, onde o Titanic foi construído há um século. Ela seguiu para Holywood, mais conhecida como a cidade natal do golfista Rory McIlroy, em seguida foi para o porto de Bangor, a principal cidade de um trecho da costa conhecida como Gold Coast por causa de sua riqueza.

 

O maior público, estimado em 4.000 pessoas, se reuniu em frente ao edifício do Parlamento da Irlanda do Norte. A tocha também passou pelo zoológico de Belfast e por algumas das principais paisagens do país. Além disso, a chamada foi carregada por cidades a leste de Belfast, que são predominantemente protestantes, sendo saudada pelos moradores.

 

Após passar pela Grécia, o revezamento da tocha olímpica começou no sudoeste da Inglaterra, com um percurso previsto de 12.875 quilômetros pela Grã-Bretanha, passando por Dublin, capital da Irlanda. O revezamento terminará apenas em 27 de julho, quando a chama chegará Estádio Olímpico de Londres para a cerimônia de abertura dos Jogos.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC