Fechar
Publicidade

Setecidades

Publicado em sábado, 10 de outubro de 2009 às 07:00 Histórico

Parque Guaraciaba permanece fechado e abandonado

Fechado para visitação pública há mais de quatro anos, o Parque do Guaraciaba, em Santo André, ainda alimenta a expectativa de vizinhos e ambientalistas de que a área verde receba nova destinação do Poder Público. Apesar da esperança, a Prefeitura não informa o que pretende fazer no espaço que, com cerca de 500 mil metros quadrados, abriga nascentes e mata nativa, mas está abandonado.

As especulações sobre o terreno circulam há mais de duas décadas, quando a área foi desapropriada. Cogitou-se ceder o espaço para a iniciativa privada, desenvolver um parque ecológico ou mesmo usar o terreno para servir de aterro sanitário, porém, nada aconteceu.

Em 2005, depois de sucessivas mortes por afogamento no lago do parque - o popular Tancão - o MP (Ministério Público) determinou o fechamento do espaço. A área ficou vazia e tem servido à Prefeitura como depósito de galhos e árvores recolhidos pela cidade.

"Existem minas d'água de qualidade espalhadas por toda a área. Não é possível entender como esse patrimônio ainda não foi preservado e convertido para a população", afirmou a ambientalista do MDV (Movimento em Defesa da Vida) Ivone Arruda de Carvalho.

Mesmo cansados de pedir e esperar, os vizinhos ainda acreditam no parque e na revitalização do bairro a partir da obra. "O lugar está abandonado, mas poderia se transformar em uma opção de lazer e diversão para o bairro, porque aqui não tem nada", opinou a doméstica Andréia Cristina Ramalho, 40 anos, que mora na região desde que nasceu.

Procurada pelo Diário, a Prefeitura não informou se prevê a implantação de qualquer projeto para recuperação do Guaraciaba.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC