Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Composiçao da zaga preocupa Carpegiani


Do Diário do Grande ABC

01/12/1999 | 18:18


A definiçao da zaga do Sao Paulo é um dos problemas do técnico Paulo César Carpegiani para o segundo clássico contra o Corinthians, domingo, no Morumbi, pelas semifinais do Brasileiro. Além de nao poder contar com Nem, suspenso, com cinco cartoes amarelos, há o risco do desfalque de Márcio Santos, que se recupera de uma contratura muscular na perna direita, cuja contusao foi constatada no exame de ultra-sonografia realizado nesta quarta-feira. O caso de Wilson, que nesta quarta-feira estava com problemas intestinais, nao preocupa muito os médicos do clube.

Confiante na possibilidade de poder contar com os três no domingo, o técnico Paulo César Carpegiani antecipa que a dúvida na escalaçao da zaga é uma questao tática: três ou dois zagueiros? Se optar por dois, quem escolher entre Paulao, Wilson e Márcio Santos?

Nao se trata apenas de estratégia para tentar confundir o adversário. A zaga sempre foi um dos dilemas de Carpegiani durante a competiçao. O técnico já escalou 10 formaçoes diferentes na zaga nos 25 jogos disputados pela equipe. Em alguns jogos, o treinador foi obrigado a mudar a defesa, que sofreu 34 gols até agora, por causa de suspensao ou contusao dos atletas.

Márcio Santos e Wilson, que formaram a dupla na partida de estréia do Tricolor no campeonato, na goleada sobre o Atlético-MG por 5 a 1, foram os que mais atuaram: 15 partidas cada. Essa dupla jogou cinco partidas. Foi o mesmo número de partidas da dupla formada por Nem e Wilson.

O treinador escalou ainda a zaga com Paulao e Márcio Santos em quatro partidas. Paulao e Nem jogaram juntos em duas partidas. O treinador testou ainda Wilson e Paulao, um jogo, e Márcio Santos e Nem, também em uma partida. Carpegiani fez ainda experiência com três zagueiros, mesmo assim com várias formaçoes: o trio Nem, Márcio Santos e Wilson jogou duas partidas; Paulao, Márcio Santos e Nem, também dois; Paulao, Márcio Santos e Wilson um jogo, e, no domingo passado, na derrota para o Corinthians por 3 a 2 o treinador escalou Paulao, Wilson e Nem.

Carpegiani nao gostou da atuaçao da defesa no último jogo. Sem falar em nome de jogadores, o treinador disse que poderá mudar o sistema de marcaçao do setor. Márcio Santos diz que cresce em jogos decisivos. "E me dou bem jogando ao lado de Paulao ou Wilson", garante.

Wilson afirma que a defesa é um dos pontos fortes da equipe. "Se ocorreram muitas mudanças no campeonato, foi por opçao do treinador", ressalta. Paulao reforça a opiniao do companheiro. "Nossa defesa é segura", nao importa quem o técnico escalar".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados