Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Turismo

turismo@dgabc.com.br | 4435-8367

Praga charmosa

Czechtourism/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Capital da República Tcheca, cidade do escritor Franz Kafka oferece diversos atrativos ao visitante


Vinícius Castelli

08/03/2018 | 07:00


 Os encantos da Europa vão muito além da Torre Eiffel, em Paris, dos canais de Amsterdam ou das ruelas e do Coliseu, em Roma.
Elegante, charmosa e bem cuidada, Praga, na República Tcheca, conhecida também pelas escritas de Franz Kafka (1883-1924), é destino a ser visitado, ainda mais com a primavera chegando por lá, em abril, enchendo a cidade de cor e flores. O passeio pode começar pela Praça da Cidade Velha, conhecida por lá como Staromestské Námestí. É a mais bela da região. Também gaste tempo na igreja de São Nicolau, que mergulha no barroco e cuja construção terminou em 1752.

Impossível não parar para apreciar a bela torre gótica da prefeitura, com seu famoso relógio, que funciona desde o século 14. Além das horas, marca também a posição do Sol, fases da Lua, ciclos astronômicos e feriados do calendário cristão. Do outro lado da praça, assim que avistar as torres gêmeas, tenha certeza de que se trata do Templo de Týn.

A partir do Rio Moldava, que é outro cenário da capital tcheca e onde é possível, inclusive, fazer passeios de barco, avista-se um dos locais mais tradicionais da cidade, que é o Castelo de Praga – diz-se que é o maior medieval do mundo –, com pátios, palácios, museus e jardins. É residência do presidente da República Tcheca, Milos Zeman. Ao lado do Castelo está a Zlatá Ulicka, que é a Rua do Ouro, nome que ganhou por conta dos ourives que foram alojados lá pelo imperador Rudolf II.

Além da Praça Venceslau, outro local conhecido é a Ponte Carlos, a mais antiga da cidade, com 16 arcos e cuja construção foi encomendada em 1357 pelo imperador Carlos IV. Serviu, basicamente, para ligar a cidade ao Castelo de Praga. Com movimento intenso de pedestres, é nela que diversos artistas locais comercializam seus trabalhos.

Uma vez em Praga, aproveite para gastar calçado no bairro judeu de Josefov, onde nasceu Franz Kafka. Malá Strana é a região mais antiga da cidade e dona de diversos jardins. Também vale a visita. Só aproveitar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados