Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

S.Bernardo busca aval para que Fundo Social repasse verba

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Projeto de lei busca autorização de aporte de R$ 500 mil a 50 instituições sem fins lucrativos


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

07/03/2018 | 07:00


A Câmara de São Bernardo analisa hoje projeto de lei que autoriza o Fundo Social de Solidariedade, capitaneado pela primeira-dama Carla Morando, a repassar recursos coletados pela instituição para entidades sociais sem fins lucrativos do município.

Segundo o texto, o Fundo Social conta com disponibilidade orçamentária da ordem de R$ 554,2 mil e que essa verba seria fundamental para estimular a atividade de cada entidade que será beneficiada.

Ao todo, 50 instituições serão contempladas com R$ 10 mil cada. Elas precisarão apresentar comprovação de cadastro nos conselhos municipais de órgãos sem fins lucrativos, além de atestados de regularidade previdenciária, trabalhista e de funcionamento.

“O que estamos transferindo para entidades é fruto da solidariedade e do apoio da população de São Bernardo, que muito tem ajudado o Fundo Social. É muito satisfatório servir ao terceiro setor, que atende boa parte da população que o poder público não consegue”, comentou Carla.

Segundo o prefeito Orlando Morando (PSDB) – conforme consta no texto enviado aos vereadores –, a opção por enviar R$ 10 mil a cada uma das 50 entidades cadastradas “denota a preocupação pelo tratamento igualitário”. “Além de ser o saldo orçamentário disponível, há o fato de que repasses diferenciados em razão do número de atendimentos de cada entidade, embora justificáveis, poderiam representar benefício maior justamente para aquelas entidades que contam com maior apoio da sociedade civil. Assim, no cenário atual, a distribuição igualitária se apresenta como a mais justa”, escreveu o tucano. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados