Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

No Jardim do Mar, calçadas não oferecem acessibilidade aos pedestres

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Raízes de árvores quebram asfalto e atrapalham passagem de idosos por trecho da Rua Báltico


Bianca Barbosa

07/03/2018 | 07:00


 A Rua Báltico, no Jardim do Mar, em São Bernardo, conta com três clínicas médicas, que atraem principalmente o público idoso. O problema é que o calçamento da via dificulda o acesso, já que não permite qualquer tipo de acessibilidade. O espaço conta com árvores antigas e com raízes expostas, inclusive causando a quebra do cimento da calçada. 

O ponto crítico da via ocorre na altura do número 175, onde o pequeno trecho de passagem entre árvore e muro está tomado por raiz. 

A dona de casa Ângela Vieira, 62 anos, tem problema no joelho e, por conta disso, usa a bengala como apoio para caminhar. Ela frequenta uma das clínicas localizadas na via e diz que o percurso entre o ponto de ônibus até o local precisa ser feito pela rua. “Acho as árvores importantes para a cidade, mas aqui foram plantadas em lugares errados. Prefiro ir pela rua do que cair na calçada”, afirma.

Para a recepcionista aposentada Sinclair Leena, 70, o problema dos passeios quebrados não está restrito ao Jardim do Mar. “Acho a situação de todas as calçadas de São Bernardo um caos. A árvore tem mais espaço do que as pessoas”, critica. O ferreiro aposentado José de Alencar Silva, 62, concorda. “Aqui está ruim, mas você já observou as calçadas do Jardim Represa? Não existem. Total descaso com a infraestrutura”, aponta.

A Prefeitura de São Bernardo, por meio da Secretaria de Serviços Urbanos, informou que enviará técnicos ao local mencionado hoje para a realização de vistoria. “Se comprovada a necessidade de reparos, eles serão providenciados”, promete a administração.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados