Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Cármen Lúcia pede inspeção urgente em presídio de Goiás após rebelião



02/01/2018 | 19:42


A ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), pediu que o Tribunal de Justiça do Estado de Goiás realize inspeção e envie urgentemente ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) relatório sobre a situação dos presos do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO). O TJ tem até 48 horas para atender o pedido da ministra.

Um confronto ocorrido na segunda-feira, 1º, entre detentos do regime semiaberto do presídio deixou nove mortos, todos carbonizados, sendo que dois também foram decapitados. A Polícia Militar recapturou 143 presos, e 105 são considerados foragidos.

Além de pedir que seja feita uma nova inspeção, cujas informações coletadas devem ser enviadas ao CNJ, Cármen pediu que a Justiça do Estado ainda envie dados de inspeções realizadas anteriormente no Complexo de Aparecida de Goiânia.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados