Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

FIA faz ajustes em punições para troca de motores na F-1



07/12/2017 | 15:19


A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) decidiu fazer ajustes nas punições aplicadas aos pilotos de Fórmula 1 que excedam as trocas de componentes de suas unidades de potência na próxima temporada. Com a decisão, a entidade espera acabar com as confusões que tomaram conta do grid em algumas etapas do campeonato deste ano.

Pelas regras da Fórmula 1, pilotos e equipes têm um limite de componentes do motor que podem usar ao longo do ano, como caixa de câmbio e sistemas de recuperação de energia, por exemplo. Se excederem o número máximo de cada componente, os pilotos perdem posições no grid de largada da corrida correspondente.

Mas, nesta temporada, as falhas em motores foi recorrente, principalmente nas unidades da Honda e da Renault. Como consequência, muitas punições se acumularam no grid em determinadas etapas, o que gerou confusão na hora de definir as posições de cada piloto nas provas.

Para amenizar estas confusões, a FIA decidiu simplificar as punições, que antes poderiam variar de 5 até 30 posições no grid, mesmo que o campeonato conte com apenas 20 colocações na largada. Pela nova definição, qualquer punições de 15 posições ou mais levará o piloto automaticamente para a última posição do grid.

Se mais de um piloto for punido numa etapa, ficará na derradeira colocação aquele que anunciar as trocas no seu motor por último. A alteração aconteceu na reunião do Conselho Mundial da FIA, realizada nesta semana, em Paris.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados