Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 14 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ganhar no grito


Do Diário do Grande ABC

07/12/2017 | 09:16


Leis existem para todos. Os cidadãos devem respeitá-las e ter consciência de que o limite do seu direito é exatamente onde começa o de seu semelhante. Querer ganhar no grito, por meio de intimidação, é prática desprezível, de quem não tem argumentos e que, certamente, se julga superior às demais pessoas.

A radicalização não é – e nunca será! – a melhor política. Quem parte para o extremismo invariavelmente perde a razão. A sociedade possui regras, que devem ser seguidas por todos. Quem as ignora e busca métodos violentos para impor a sua vontade coloca-se à margem da lei e passível de consequências.

Ontem, mais uma vez os líderes do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto) protagonizaram ação lamentável. Encabeçaram invasão a prédio público no Centro de São Paulo, tomaram o espaço e prometem sair de lá somente quando seus desejos forem atendidos.

Mais uma vez afrontaram a Justiça e desprezaram as normas de civilidade. As cenas disponibilizadas nas redes sociais do MTST são impressionantes e só podem ser classificadas como barbárie extrema. Como uma horda, os integrantes partiram em direção ao alvo, causando pânico a quem estava no caminho e mostrando profundo desrespeito aos que tiveram o azar de estar naquele local no momento em que se iniciou a enxurrada humana.

O ato tem como finalidade pressionar e intimidar as autoridades. Mas também serve para promoção dos que estão à frente do movimento e que, claramente, possuem objetivos políticos e utilizam a necessidade daqueles que sonham com um lugar para morar como trampolim para suas ambições.

Na segunda-feira, o Tribunal de Justiça promove reunião com representantes legais das esferas federal, estadual e municipal, os próprios sem-teto e Polícia Militar, entre outros, para negociar a melhor forma de realizar a reintegração de posse da área ocupada em São Bernardo, que já foi determinada pela Corte. É necessário que haja serenidade de todas as partes para evitar problemas maiores.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados