Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8338

Furto prejudica funcionamento de Emeb

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Aula foi suspensa em unidade do bairro Ferrazópolis; computadores e alimentos foram levados


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

05/12/2017 | 07:00


 A Emeb (Escola Municipal de Educação Básica) Walter Carmona, localizada no bairro Ferrazópolis, em São Bernardo, foi furtada no fim de semana. Em razão da ida da perícia ao local, as atividades foram suspensas ontem. A unidade atende 78 crianças de zero a 3 anos e, segundo a Prefeitura, o equipamento voltará a funcionar hoje.

Foram levados dois computadores, dois estabilizadores, um micro-ondas, além de alimentos. O imóvel não sofreu ato de vandalismo. Boletim de ocorrência como furto qualificado foi registrado no 1º DP (Centro).

A administração não informou de que maneira se deu a entrada dos criminosos no local. “Fui levar meu filho de 3 anos e, chegando lá, todas as professoras estavam do lado de fora, porque a polícia estava no local. Mas o portão não estava quebrado”, disse uma mãe de aluno, que preferiu não se identificar.

A mulher reclama da falta de segurança no equipamento. “A escola foi inaugurada em dezembro de 2016 e desde o começo das aulas, em fevereiro, nunca disponibilizaram um vigilante. O pouco que tinha foi levado”, reclama. “Peço atenção para essa Emeb e para tantas outras que devem sofrer com falta de segurança.”

A operadora de caixa Maria de Fátima Ferreira de Almeida, 43 anos, conseguiu vaga para a filha de 9 meses para ser atendida pela creche no próximo ano. Ontem, ela soube da invasão por uma vizinha, que tem filho na unidade, e disse que a situação a deixa preocupada. “Tinha que ter segurança dia e noite. A gente tem que deixar a criança para trabalhar e fica preocupada.”

A Prefeitura salienta que a GCM (Guarda Civil Municipal) intensificará a ronda ostensiva no entorno da creche invadida.

No mês passado, outras instituições de ensino da região sofreram problemas semelhantes. Na Emeief (Escola Municipal de Educação Infantil e Ensino Fundamental) Luiz Gonzaga, no Parque Erasmo Assunção, em Santo André, foram levados itens da merenda, suco e a base do liquidificador. O Núcleo de Natação Adaptada de Santo André também foi invadido na mesma ocasião e a fiação elétrica foi furtada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados