Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8338

Perfil do profissional vira o foco das aulas

Pesquisa revela características mais procuradas pelas empresas na hora de definir a contratação


Ana Beatriz Moço

05/12/2017 | 07:00


Romper paradigmas, mudar o olhar e modernizar o estudo. Estas são características para se formar profissionais preparados para o mercado de trabalho. Visando a prática da profissão e a vivência de como é o trabalho no dia a dia, a Universidade Braz Cubas buscou inovar e modificar o tipo de curso oferecido, tendo em vista que o aluno de hoje está cada vez mais digital e afoito por novidades.

Uma pesquisa realizada pela universidade revelou o perfil dos profissionais mais requisitados pelo mercado de trabalho. A instituição ouviu, nos últimos dois anos, dezenas de empresas, de médio e grande portes, e reuniu cerca de 40 habilidades e competências que precisam ser estimuladas por quem deseja conquistar as melhores posições no mercado de trabalho.

Algumas das principais habilidades e competências são: solução de problemas, trabalho em grupo, facilidade de comunicação, pensamento crítico, criatividade, iniciativa, instrução, conhecimento técnico, liderança, inteligência emocional e capacidade de negociação.

A pesquisa é a base da organização do novo curso de Administração, oferecido desde o começo de 2017. Foi a partir desse levantamento que a instituição desenhou metodologia inovadora, sem disciplinas ou currículo preestabelecido. Há blocos com objetivos específicos, com conteúdo voltado para estimular as competências e habilidades. A maior mudança está na avaliação, que não é mais por nota, mas por desempenho.

“Nosso foco é garantir a aprendizagem e, consequentemente, a empregabilidade, com projetos que exercitam a capacidade de resolver e empreender”, enfatiza José Maria Silva Júnior, diretor de Relações Institucionais.

O projeto de inovação compreende cinco anos, período no qual serão aplicadas as novas técnicas, gradativamente, em todos os cursos oferecidos.

“O aluno mudou demais, se não mudarmos a forma de ensinar, não temos o aproveitamento total. Ouvindo as empresas podemos ensinar a ser o profissional procurado pelas maiores empregadoras”, relatou Júnior. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados