Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Comércio da região não registra alta no movimento nesta Black Friday

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Consumidores não estão em busca de um produto específico, mas estão em busca de economia


Flavia Kurotori
Especial para o Diário

24/11/2017 | 15:44


Embora a expectativa que os descontos da Black Friday fossem grandes e boa parte do comércio tenha iniciado suas ofertas no decorrer da semana, os centros de compras da região não registram maior fluxo de consumidores por conta da data. Durante pesquisa feita pela equipe do Diário no centro de São Caetano e de Santo André, as lojas pertencentes a grandes redes, como Casas Bahia, Magazine Luiza e Lojas Americanas, são as que registram maior procura.

Quanto às ofertas, não há acordo entre os clientes, que dividiram opiniões sobre os preços. “Este ano os descontos estão menores. Ano passado tinham menos coisas, mas com descontos maiores”, disse a analista de treinamentos Luciana Santos Ferreira, de 28 anos, moradora de Mauá. Por outro lado, a dona de casa Edna Vieira Batista, 65, veio do Pará para visitar as netas e está aproveitando para pesquisar as promoções. “Estamos em busca de uma boa oportunidade. Tem algumas coisas que valem a pena, como celular”, afirmou.

A maioria dos consumidores não está em busca de um produto específico, mas estão em busca de chances para economizar. “Decidimos comprar agora, então ainda vamos pesquisar. Se encontrarmos com preço muito vantajoso, vamos levar, senão, vamos continuar pesquisando”, contou a paulistana Fátima Andreia Dias Silva, 26, que está desempregada e em busca de bons preços de televisores com o marido.

Pesquisar é a dica para quem decidir ir às compras hoje, dado que o valor de um mesmo produto pode variar entre bandeiras e também do comércio online para o físico. “Não vai valer a pena comprar hoje porque no site está um preço e aqui na loja está outro”, lamentou a atendente são-caetanense Jéssica Santos de Aguiar, 19, que estava pesquisando o preço de geladeiras.

Dentre os produtos com maior procura estão televisores, smartphones e notebooks. É importante lembrar que, segundo estimativa do site BlackFriday.com.br, os moradores do Grande ABC irão gastar R$ 44 milhões na data deste ano.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados