Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 13 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Os caminhos para a eleição do ano que vem


Raphael Rocha

22/11/2017 | 07:00


Vereadores e políticos que têm atuações independentes dos governos no Grande ABC começaram a fazer conjecturas de olho na eleição do ano que vem. Vários utilizam o pleito de deputado para mudar de patamar na ótica polícia da corrida eleitoral municipal ou até mesmo voltam às urnas para não caírem no esquecimento do eleitorado. E muitas dessas figuras fazem análise de que o caminho mais tranquilo, por ora, é lançar candidatura à Câmara Federal. A leitura da vez é que a corrida para a Assembleia Legislativa está congestionada, principalmente porque os governos apostarão as fichas em postulantes a deputado estadual – casos já explícitos são em Diadema e Mauá. Por isso, a concorrência para deputado federal é menor e, assim, há maior possibilidade de obter boa votação mesmo sem ter suporte da máquina.

BASTIDORES

Museu – 1
A nova denúncia contra o ex-prefeito Luiz Marinho (PT), de São Bernardo, feita pelo MPF (Ministério Público Federal) por irregularidades na construção do Museu do Trabalho e do Trabalhador ainda rende na cidade. O prefeito Orlando Morando (PSDB) criticou o antecessor e prometeu solucionar o impasse da obra – paralisada desde o ano passado, quando foi deflagrada a Operação Hefesta. “Estamos em contato com o Ministério Público Federal e o Ministério da Cultura para fazer o termo de ajustamento de conduta e assim romper o contrato com a construtora que o Marinho contratou”, disse o tucano, que já deu encaminhamento para que o museu se torne uma Fábrica de Cultura.

Museu – 2
Defensor dos donos da Construtora Cronacon – Eduardo dos Santos e Gilberto Vieira Esguedelhado –, o advogado Roberto Podval acusou o MPF (Ministério Público Federal) de “deslealdade processual” nas investigações de supostas irregularidades na construção do Museu do Trabalho e do Trabalhador, de São Bernardo. Ontem, a procuradora Fabiana Rodrigues de Sousa Bortz rechaçou as acusações de Podval, que disse que o MPF omitiu o fato de já ter encaminhado denúncia contra seus clientes quando optou por ouvir os empresários. “O Ministério Público Federal reitera que sua atuação em defesa da sociedade é exercida em conformidade à Constituição, e que honra o compromisso com a descoberta da verdade e com o ressarcimento do patrimônio público.”

Incômodo segue
Ontem, esta coluna mostrou que o vice-prefeito de Santo André e secretário de Manutenção e Serviços Públicos, Luiz Zacarias (PTB), que está como prefeito em exercício, tem ocupado o gabinete de Paulo Serra (PSDB), prática pouco usual e que esse fato causa críticas nos bastidores. Outro episódio tem gerado desconforto dos aliados do governo. Embora haja determinação de Paulo Serra para que secretários não utilizem carros oficiais pagos pelo poder público, informações dão conta de que Zacarias continua usando o veículo oficial, inclusive aproveitando motorista.

Esticadinha
Quem esperava falar ontem com o prefeito de Santo André, Paulo Serra (PSDB), para reclamar da postura do vice-prefeito e secretário de Manutenção e Serviços Públicos, Luiz Zacarias (PTB), se frustrou. O tucano decidiu esticar a permanência em Barcelona, na Espanha, onde, na semana passada, participou de congresso sobre cidades inteligentes. Prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PSDB) retornou no sábado, com o fim do evento. Paulo Serra, por sua vez, decidiu ficar mais alguns dias na principal cidade da Catalunha, sem fazer muito alarde. A expectativa é a de que ele retorne somente hoje aos trabalhos na cidade.

Biometria
É falsa a informação que tem circulado em redes sociais que a Justiça Eleitoral vai multar em R$ 150 os eleitores que não realizarem o cadastramento biométrico até o fim do ano. A biometria é obrigatória para alguns municípios para o pleito do ano que vem, mas não para todos.

Parcela do 13º
A Prefeitura de São Caetano, gerida pelo prefeito José Auricchio Júnior (PSDB), anunciou que depositará hoje a primeira parcela do 13º salário dos funcionários públicos, antecipando o calendário de quitação do benefício para a categoria. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados