Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Deputado europeu pede que Reino Unido destrave diálogo com UE pelo Brexit

 Paulo Redondo / Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


15/11/2017 | 11:20


Importante integrante do Parlamento Europeu, Manfred Weber se reúne nesta quarta-feira com a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, e advertiu que Londres precisa fazer mais para acertar os termos da saída da União Europeia, o chamado Brexit, ou as negociações podem demorar ainda mais. Weber disse em mensagem de vídeo que os britânicos precisam acertar questões como os compromissos financeiros que terão, com o argumento de que "quando alguém está deixando o clube" precisa pagar suas contas.

Os líderes da UE dizem que a falta de progresso impede que as conversas avancem para as relações futuras e questões comerciais. Segundo eles, é preciso decidir no próximo mês se houve progresso suficiente para seguir adiante.

Weber, que comanda o grupo de centro-direita EPP no Parlamento Europeu, disse que no momento "não parece que estejamos a caminho de entrar na próxima fase" no próximo mês.

O governo de May, por sua vez, trabalha na Câmara dos Comuns para aprovar um importante elemento da legislação sobre o Brexit, apesar da oposição de deputados favoráveis à manutenção do país na UE. A lei sobre a saída da UE busca evitar que se crie um vácuo legal, ao converter cerca de 12 mil leis do bloco como parte da legislação britânica no dia que o país deixar a união, em março de 2019. Muitos parlamentares, porém, argumentam que o conjunto de normas dá muito poder ao governo para lançar emendas constitucionais, sem a avaliação devida do Legislativo. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados