Fechar
Publicidade

Domingo, 17 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Consórcio debate integração de semáforos na Bélgica

Divulgação  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Mobilidade foi tema debatido durante oficialização de parceria do colegiado com a cidade de Turim


Humberto Domiciano
Do Diário do Grande ABC

10/11/2017 | 07:00


No primeiro dia da conferência que marca a oficialização da parceria do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC com a cidade italiana de Turim, dentro do IUC (Programa Internacional de Cooperação Urbana) da União Europeia, a Mobilidade Urbana foi o tema mais discutido. Os encontros terminam hoje, em Bruxelas, na Bélgica.

Um dos pontos prioritários é sincronização semafórica, já que Turim tem experiência considerada bem-sucedida na área. O presidente do Consórcio, o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), explicou que a ideia é trazer rapidez aos deslocamentos. “A sincronização regional deve melhorar o tempo das viagens, principalmente nos corredores das divisas entre municípios”, completou.

A contratação de projeto para sincronizar os tempos dos semáforos nas divisas entre os municípios já havia sido discutida pelo Consórcio em 2013. O objetivo era criar a chamada onda verde nos corredores que passam por mais de uma cidade, melhorando a fluidez nas áreas limítrofes. A medida não teve qualquer avanço até então.

Ainda dentro da área de Mobilidade, a viabilização de recursos para construção de corredores de ônibus também foi debatida no encontro.

A definição do calendário de visitas das comissões – uma comitiva do Consórcio irá para a Itália, assim como um grupo de Turim virá ao Grande ABC – deve ocorrer hoje e os custos com o deslocamento ficarão por conta do IUC, bem como o projeto inicial. Já a execução das iniciativas, por sua vez, necessitará de financiamento de outras fontes.

A agenda de Orlando Morando e do secretário executivo do Consórcio, Fabio Palacio (PR), também terá um encontro com Luis Fernando Abbott Galvão, ministro conselheiro da missão do Brasil junto à União Europeia.

A troca de informações entre a entidade e a administração de Turim deve contemplar ainda a urbanização. “A cidade italiana viveu uma desindustrialização forte e também tinha a vocação automobilística, mas lá o problema é maior do que o nosso, já que em alguns pontos perderam indústrias e não havia demanda para ocupação dos espaços. Por isso querem conhecer um pouco como o Grande ABC está se reinventando na questão urbana”, relatou Morando. “Um dado importante é que avançamos nos setores de logística, de serviços e comércio.”

Outra demanda em comum entre as duas regiões é o problema com enchentes e a parceria também deve contemplar projetos nessa área.

A escolha por Turim se deu porque o Consórcio vê que a cidade guarda semelhanças com os municípios do Grande ABC, principalmente no que se refere à produção industrial – abriga a sede da montadora de veículos Fiat. A cidade italiana possui cerca de 900 mil habitantes.

Além do Consórcio foram selecionados para o programa os municípios de Belo Horizonte (Minas Gerais), Araripina (Pernambuco), Benedito Novo (Santa Catarina), São Leopoldo (Rio Grande do Sul) e Vitória (Espírito Santo). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados