Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 11 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Sem Tiririca, sobram votos no Grande ABC


Raphael Rocha

26/10/2017 | 07:00


O deputado federal Tiririca (PR) anunciou que não vai concorrer à reeleição na Câmara Federal no ano que vem, em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo. A expressiva votação do humorista – 1.016.796 votos –, pelo menos a princípio, ficará solta. No Grande ABC, Tiririca também arrebatou milhares de eleitores. Ele ficou entre os quatro primeiros em seis das sete cidades da região – apenas em São Caetano o político terminou com o nono melhor desempenho em 2014 –, sendo que em Santo André e em Rio Grande Tiririca foi o terceiro mais lembrado nas urnas. Somada sua votação no Grande ABC, o republicano contabilizou 63.736 votos, quantia superior às obtidas por Vanderlei Siraque (PCdoB), Aidan Ravin (PSB), Mário Reali (PT), Helcio Silva (PT), Márcio da Farmácia (PV) e Frank Aguiar (PRB).

BASTIDORES

Timing
Na sessão da semana passada, no auge das críticas do Sindema (Sindicato dos Servidores Públicos de Diadema) ao prefeito Lauro Michels (PV), o vereador Ronaldo Lacerda (PT), da oposição, pediu a palavra. Cada vereador na cidade tem direito a falar por oito minutos. Lacerda, pré-candidato a deputado federal, utilizou sete dos oito minutos em um preâmbulo, lembrando do impeachment de Dilma Rousseff (PT). Teve gente do Sindema estranhando o discurso, uma vez que Lacerda poderia aproveitar a situação para criticar o Paço.

Audiência da Cultura
A Câmara de São Caetano sedia hoje, a partir das 19h30, audiência pública para debater a Cultura no município. O evento é realizado depois de o Legislativo aprovar projeto do vereador Olyntho Voltarelli (PSDB) proibindo malabares nos semáforos. O debate foi chamado pelo parlamentar Jander Lira (PP). Foram convidados para participar representantes da Secretaria da Cultura, da Fundação das Artes e do Conselho de Cultura.

Tira-teima
Discussão pública chamou atenção na Câmara de Santo André. Professor Minhoca (PSDB) utilizou o microfone para alfinetar o oposicionista Sargento Lobo (SD) ao tratar do fim dos radares móveis na cidade, anunciado pelo prefeito Paulo Serra (PSDB). No começo do mês, Lobo criticou o prefeito, mostrando um equipamento instalado na Avenida dos Estados, mas já em Mauá. “Vamos fazer um tira-teima. Se o vereador (Lobo) tomar uma multa naquele trecho e vier escrito que a multa é de Santo André, pode levar no meu gabinete que pagarei a infração”, disse Minhoca.

Visita e gafe
Secretário executivo do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, Fabio Palacio (PR) esteve ontem na sessão na Câmara de São Bernardo. Foi para conversar com vereadores e, segundo ele mesmo, em missão institucional. Mas uma gafe foi registrada durante o encontro: o mandatário do Legislativo, Pery Cartola (PSDB), chamou Palacio de presidente do Consórcio.

Parceria
Os vereadores Gordo da Adega (PCdoB) e Eliezer Mendes (Podemos), ambos de São Bernardo, andam próximos nas últimas semanas e têm sido vistos constantemente almoçando no tradicional restaurante Zelão, no Centro. Dizem que os dois estão costurando uma dobrada para a eleição do ano que vem, com Gordo como candidato a deputado estadual e Eliezer em busca de uma cadeira na Câmara Federal.

Nomeação
José Edilson Cicote foi contratado para exercer a função de assessor de gabinete na Secretaria de Assuntos Jurídicos de Santo André, comandada por Caio Costa e Paula. José Edilson é irmão do presidente da Câmara andreense, Almir Cicote (PSB). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados