Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 22 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estado autoriza construção de Bom Prato em São Bernardo

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Inauguração do equipamento, segundo na região, está prevista para ocorrer em março de 2018


Humberto Domiciano
Do Diário do Grande ABC

18/10/2017 | 07:00


 O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), assinou, ontem, autorização para instalação de restaurante Bom Prato no Centro de São Bernardo. O equipamento deve ser inaugurado até março de 2018 e será a segunda unidade no Grande ABC – a outra funciona em Santo André.

A previsão é a de que sejam servidas 1.400 refeições e 300 cafés da manhã diariamente no restaurante, que será instalado em área próxima ao Terminal Rodoviário Italo Setti e ao Poupatempo.

Em cerimônia realizada no Palácio dos Bandeirantes, o governador tucano destacou a importância do programa social. “Vamos levar para São Bernardo uma política social que é a mais bem avaliada no Estado. É alimentação balanceada, com proteína, carboidratos e lipídios, além de ser saborosa”, completou.

Para o prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB), a proposta será a de agregar serviços na região central do município. “É um local estratégico, ao lado do Caps (Centro de Atenção Psicossocial), e isso foi uma escolha nossa. A ideia é unir bons serviços em um espaço que estava subutilizado e que fizemos readequação”, definiu o chefe do Executivo.

O secretário estadual de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro (PSDB), afirmou que o processo de chamamento da OS (Organização Social) deve ser concluído em até 90 dias e o custo de implantação da unidade será de aproximadamente R$ 1,5 milhão. “A contratação dos funcionários será feita pela OS e o Estado subsidia boa parte do custeio. O cidadão seguirá pagando R$ 1 pela refeição”, pontou.

O Bom Prato tem custeio mensal em torno de R$ 100 mil, arcados pela Pasta estadual, mas que pode receber também auxílio financeiro das prefeituras.

O programa foi criado em dezembro de 2000. Em todo o Estado de São Paulo, existem 52 restaurantes em funcionamento.

SANTO ANDRÉ

Única cidade da região a contar com unidade do Bom Prato, Santo André pleiteia a descentralização do serviço, instalado há 15 anos na área central. Durante comemoração pelo aniversário do equipamento estadual, que fornece café da manhã a R$ 0,50 e almoço a R$ 1, em setembro, o prefeito Paulo Serra (PSDB) destacou que a intenção é levar o atendimento para a Vila Luzita em meados de 2019 ou 2020.

O Bom Prato andreense já serviu mais de 7 milhões de refeições em 15 anos de funcionamento. De segunda a sexta-feira, são servidos 300 cafés da manhã e 1.400 almoços.

MAUÁ

Prometida desde abril de 2014, a primeira unidade do Bom Prato de Mauá teve negociações retomadas pelo prefeito Atila Jacomussi (PSB) junto ao governo do Estado em dezembro de 2016, no entanto, sem avanços. A promessa era a de que o equipamento estadual fosse instalado na região do Jardim Zaíra até o fim do ano. A expectativa é a de que sejam servidas 1.000 refeições diárias no local.

O município possui dois restaurantes populares do governo federal, um no bairro São João e outro na região central.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados