Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Políticos reagem a discurso de Trump sobre a violência em Charlottesville

PABLO MARTINEZ MONSIVAIS/ASSOCIATED PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


13/08/2017 | 08:59


O presidente Donald Trump culpou "vários lados" pela violência em Charlottesville, Virgínia, após a manifestação, gerando reações de políticos. Democratas e republicanos pediram que o presidente denunciasse a supremacia branca e o ódio racial nominalmente. Já o vice-presidente Mike Pence apoiou o discurso e um site da supremacia branca elogiou os comentários.

O que Trump disse: "Nós condenamos, nos termos mais fortes possíveis, esta exibição flagrante de ódio, fanatismo e violência de muitos lados, de muitos lados", disse Trump. "Tem acontecido há um longo tempo em nosso País. Não é Donald Trump. Não é Barack Obama. Está acontecendo por um longo, longo período."

O que os outros estão dizendo: "Eu coloco a culpa em um monte de coisas que está acontecendo na América hoje mesmo, na porta da Casa Branca e nas pessoas ao redor do presidente", disse o prefeito de Charlottesville, Michael Signer, um democrata.

"Senhor presidente, devemos chamar o mal pelo seu nome. Eram supremacistas brancos e isso se chama terrorismo doméstico", disse o senador por Colorado, Cory Gardner, republicano, no Twitter.

"É muito importante para a nação ouvir Potus (sigla, em inglês, de Presidente dos Estados Unidos) descrever eventos como o de Charlottesville pelo que são, um ataque terrorista por supremacistas brancos", disse o senador pela Flórida Marco Rubio, republicano, no Twitter.

"Potus precisa se colocar contra o ressurgimento venenoso da supremacia branca. Não há "muitos lados" aqui, apenas o certo e o errado", disse o democrata Adam Schiff, no Twitter.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados