Fechar
Publicidade

Domingo, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8338

Adolescente é morto a caminho da escola após reagir a assalto

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vinícius de Lima Vilela, de 15 anos, foi atingido
por disparo nas costas na Rua Caminho da Educação


Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

12/08/2017 | 07:09


Em triste e lamentável série de coincidências do destino, um aluno de 15 anos foi morto ontem pela manhã, Dia do Estudante, a caminho da escola, após reagir a um assalto. O crime ocorreu na Rua Caminho da Educação, na Vila Ferreira. Para piorar, o pai da vítima presenciou o assassinato do filho às vésperas do Dia dos Pais. Vinícius de Lima Vilela, 15 anos, aluno do 1º ano do Ensino Médio da EE (Escola Estadual) Professor Mario Osório, levou tiro nas costas a poucos metros da instituição de ensino.

O crime ocorreu por volta das 6h45, na Rua Caminho da Educação, próxima à esquina com a Rua Operário Luís Pedro. No local, a vítima foi abordada por um motoqueiro – a ação foi gravada por câmeras de segurança da Prefeitura. Nas imagens é possível ver que Vinícius foi atingido por um disparo após sair correndo. “Quando o homem aborda o rapaz e ele reage, toma um tiro nas costas. É um crime incomum, pelo horário e ainda mais que os ladrões costumam agir em dois. Trabalhamos com a hipótese de latrocínio (roubo seguido de morte). Estamos colhendo depoimentos”, afirmou o delegado titular do 8ºDP (Alvarenga), responsável pela investigação, Baldomero Girbal Cortada Neto.

O pai da vítima, que voltava de padaria após comprar pão, presenciou toda a cena, que também foi acompanhada pela mãe, da janela do apartamento da família. Vinícius era o filho caçula e tinha três irmãs. A família, bastante abalada, optou por não falar com a equipe de reportagem do Diário.

O jovem foi descrito como tranquilo, tímido e bastante educado. Frequentador da igreja evangélica Deus é Amor, ele foi recentemente batizado por escolha própria. Outra característica destacada era a relação com a mãe, que tem mobilidade reduzida devido a um problema na perna. “As professoras diziam que ele era um dos melhores alunos. Ele era muito educado e tratava muito bem a todos”, afirmou a amiga da família Jéssica Freitas, 23.

Em nota, a Secretaria Estadual da Educação, por meio da Diretoria de Ensino de São Bernardo, lamentou o ocorrido e declarou que a direção da escola “está dando todo o suporte necessário à família”. A Pasta destacou que a “unidade, assim como todas as escolas estaduais, mantém parceria com a Ronda Escolar, da Polícia Militar.” Ontem, era possível ver cartaz com as inscrições “Estamos de Luto” no portão. As aulas foram suspensas.

O corpo foi velado durante toda a noite, no Cemitério da Vila Euclides. O enterro será hoje, às 8h30, no Baeta Neves. Quem tiver informações pode contatar a polícia pelo disque-denúncia 181 ou pelo 4342-8435. (colaborou Daniel Macário)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.