Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 17 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

EUA e Coreia do Sul vão assinar acordo comercial

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


30/06/2017 | 15:01


O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse em uma coletiva de imprensa ao lado do presidente sul-coreano, Moon Jae-in, que os líderes estão negociando um acordo de livre comércio que "será ótimo para ambos os países", além de formas de lidar com a ameaça nuclear da Coreia do Norte.

Sem dar detalhes, o presidente americano afirmou que teve uma dura conversa sobre comércio com Moon durante a noite, e que discutiu barreiras do comércio de automóveis com os sul-coreanos. Trump também criticou o déficit comercial que o seu país tem com a Coreia do Sul e pediu para que o país parasse de "autorizar aço triturado".

Ainda de acordo com o republicano, os líderes discutiram barreiras no comércio de automóveis entre os dois países.

Os comentários vêm na esteira da publicação de uma mensagem no Twitter de Trump em que o presidente mencionou "um novo acordo comercial", fazendo com que autoridades sul-coreanas buscassem esclarecimentos. Trump não disse se iria renegociar um acordo comercial de cinco anos com Seul.

Sobre a Coreia do Norte, Trump pediu pela aplicação de novas sanções contra Pyongyang e afirmou que quer paz na região, ponderando que vai defender seu país e seus aliados.

Já o presidente sul-coreano afirmou que a escalada nuclear da Coreia do Norte é o maior desafio de segurança enfrentado por ambos os países e reiterou o estreitamento dos laços de amizade entre EUA e Coreia do Sul. Moon foi cauteloso, no entanto, ao abordar as sanções contra os vizinhos do Norte, dizendo que é preciso ter uma discussão mais abrangente sobre o caso.

O líder sul-coreano disse que convidou Trump para uma visita ainda este ano e que Trump aceitou. Para Moon, a visita será "um marco" na amizade entre as nações. (Matheus Maderal - matheus.maderal@estadao.com)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados