Fechar
Publicidade

Esportes

Publicado em segunda-feira, 19 de junho de 2017 às 20:12 Histórico

Apesar de polêmica, Infantino se diz 'muito feliz' com árbitro de vídeo

Apesar da polêmica e das críticas ao árbitro de vídeo, o presidente da Fifa, Gianni Infantino, afirmou ter aprovado nesta segunda-feira o novo recurso, que vem sendo testado na Copa das Confederações, na Rússia. O dirigente disse ter ficado "muito feliz" com a ferramenta, criticada por alguns jogadores e técnicos.

"Temos visto como o auxílio do árbitro de vídeo vem ajudando a arbitragem a tomar decisões corretas", declarou Infantino, depois que o recurso foi utilizado pela quinta vez neste início de competição. Foi no duelo entre Alemanha e Austrália, nesta segunda, em Sochi. O vídeo foi usado para confirmar o segundo gol dos australianos na vitória dos alemães por 3 a 2.

O árbitro de vídeo está sendo utilizado na Copa das Confederações como teste para a Copa do Mundo do próximo ano, também na Rússia. O recurso já foi testado em outros torneios da Fifa, sem maior destaque. Mas em solo russo o vídeo já foi utilizado cinco vezes, causando situações novas a jogadores e torcedores e, às vezes, até gerando confusão.

A ferramenta foi mais usada no duelo entre Portugal e México, no domingo. Ambas as seleções tiveram gols anulados após revisão do lance pelos árbitros de vídeo. No mesmo jogo dois gols, um de cada time, precisou ser avaliado antes da confirmação pelo juiz principal da partida.

O recurso gerou críticas devido à lentidão da resposta do vídeo e também pela surpresa que gerou nos jogadores. Nos dois gols anulados de Portugal x México, as duas equipes já haviam comemorado os gols e voltavam às suas posições para o recomeço do jogo, com a bola no centro do campo.

"É um pouco difícil para os jogadores. Mesmo quando a decisão [do vídeo] está correta, isto tem um impacto sobre as emoções e os sentimentos deles", reclamou o técnico da seleção chilena, Juan Antonio Pizzi, em uma referência à reação de Arturo Vidal após o gol anulado diante de Portugal. O volante foi o jogador que mais reclamou do recurso em campo.

O presidente da Fifa minimizou as reclamações. "O que os fãs sempre esperaram por tantos anos está finalmente acontecendo", disse Infantino, para quem o árbitro de vídeo "é o futuro do futebol moderno".

Ele afirmou que o processo de utilização do árbitro de vídeo ainda está sendo aprimorado. "Os testes com o árbitro de vídeo nesta Copa das Confederações estão também ajudando a aperfeiçoar os processos e a ajudar a comunicação [entre os árbitros]", declarou Infantino.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC