Fechar
Publicidade

Cultura & Lazer

Publicado em segunda-feira, 19 de junho de 2017 às 12:14 Histórico

O mundo de Julio Verne chega em Buenos Aires em uma exposição colorida

Em uma atmosfera misteriosa e cativante no qual não existem limites entre ficção e realidade, a exposição "Julio Verne: Os limites da imaginação", organizada pela Fundação Telefônica, recorda o misticismo e cientificismo do famoso autor francês.

A exposição vai até 26 de agosto na sede que a instituição tem na capital da Argentina e convida o público a visitar os confins do mundo, conhecer personagens exóticos, animais selvagens e invenções científicas únicas com as quais Verne antecipou a ciência.

A diretora da Fundação Telefônica na Argentina Agustina Catone disse à Agência Efe que a exposição pretende mostrar Verne não meramente por sua biografia. "A ideia é revelar o autor como o resultado de uma metodologia de estudo e trabalho, um espírito do tempo e do meio ambiente ", disse ela.

O "Verniano" recriado convida os visitantes a tornarem-se exploradores de um mundo que parece convergir com pontos pelo universo e que pode orbitar a Lua, mergulhar nas profundezas do oceano ou a pé para o centro da Terra.

Esta viagem única através da imaginação do escritor continua em um cenário no qual convergem transporte, fotografias,

projeções e artigos científicos, uma proposta curada por María Santoyo e Miguel Delgado que foi um sucesso na Espanha.

Na Argentina, a amostra tem como um de seus eixos o romance "O Farol do Fim do Mundo" e "Os Sobreviventes." Embora Verne não tenha partido pessoalmente para os mares do sul, ele o fez através das histórias de marinheiros experientes, histórias que ele mesmo recolheu para enriquecer seus romances.

Então, depois de viajar "20.000 Léguas Submarinas" e passando por "O Farol do Fim do Mundo", finalmente ele veio para se molhar nas terras do Rio de la Plata.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC