Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Thiem bate Nadal, avança em Roma e impõe 1ª derrota no saibro a espanhol no ano

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


19/05/2017 | 13:58


Derrotado por Rafael Nadal nas últimas semanas nas decisões de Barcelona e Madri, o austríaco Dominic Thiem conseguiu dar o troco no adversário nesta sexta-feira ao superá-lo por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/3, nas quartas de finais do Masters 1000 de Roma. O triunfo foi expressivo também pelo fato de que encerrou uma invencibilidade de 17 jogos do tenista espanhol em piso de saibro nesta temporada.

Atual quarto colocado do ranking mundial, Nadal não perdia uma partida desde 2 de abril, quando caiu diante do suíço Roger Federer na final do Masters 1000 de Miami, em quadra dura nos Estados Unidos. Depois disso, ele conquistou três títulos seguidos no saibro com as conquistas dos Masters de Montecarlo e Madri, além do ATP 500 de Barcelona entre estes dois feitos.

Desta forma, Thiem, promissor sétimo colocado do ranking mundial com apenas 23 anos de idade, freou o embalo de Nadal antes de Roland Garros, cuja chave principal começará a ser disputada no próximo dia 29, em Paris. Na capital francesa, o espanhol irá em busca de um histórico décimo título do Grand Slam local.

Ao desbancar o favoritismo do rei do saibro, Thiem foi às semifinais em Roma e agora espera pela definição do seu próximo adversário, que sairá do confronto entre o sérvio Novak Djokovic e o argentino Juan Martín del Potro, programado ainda para esta sexta.

Sem se deixar abalar também pelo fato de que Nadal defendia a condição de sete vezes campeão do torneio italiano, onde levantou a taça em 2005, 2006, 2007, 2009, 2010, 2012 e 2013, Thiem exibiu uma atuação sólida contra o espanhol. Ele triunfou após 1h51min de duelo, no qual aproveitou quatro de oito chances de quebrar o saque do favorito, que só conseguiu converter um de sete break points.

Essa foi a segunda vitória do austríaco em seis jogos contra Nadal, todos no saibro, piso em que anteriormente o ex-número 1 do mundo também foi superado por uma vez na semifinal do Torneio de Buenos Aires, no ano passado.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados