Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 18 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Alemanha diz que companhias de software precisam ajudar na segurança cibernética



15/05/2017 | 14:54


Porta-voz do Ministério do Interior da Alemanha, Tobias Plate afirmou que as empresas de software precisam fazer sua parte, em vez de culpar governos por falhas na segurança. O principal advogado da Microsoft, Brad Smith, criticou governos no domingo por "amontoar" vulnerabilidades e pediu a autoridades que reportem problemas de segurança a empresas de tecnologia da informação, "em vez de esconder, vender ou explorar isso".

"Alguém que não fez sua lição de casa tenta tornar os outros responsáveis por não apontar que essa lição de casa precisa ser feita parece a mim misturar a causa e o efeito", disse Plate. O porta-voz do Ministério do Interior disse a repórteres em Berlim que o governo da Alemanha publicou no ano passado sua nova estratégia para a segurança cibernética, que incluía uma proposta para responsabilizar as companhias de tecnologia de informação por falhas na segurança.

Sistemas da companhia ferroviárias alemã Deutsche Bahn foram afetados pelo ataque cibernético global.

Assessor de segurança interna do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, Tom Bossert afirmou que o recente ataque é algo que "neste momento, nós temos sob controle" no país. Segundo Bossert, porém, trata-se de "uma ameaça extremamente séria", que poderia inspirar episódios similares.

O assessor disse que "criminosos" eram responsáveis pelos ataques, não o governo dos EUA. Bossert afirmou que os EUA não descartaram o envolvimento de algum governo estrangeiro, mas que as demandas por resgate sugeriam a responsabilidade de uma rede criminosa.

Na Índia, autoridades estavam em alerta a problemas em computadores nesta segunda-feira, após especialistas estimarem que 5% dos computadores afetados globalmente estavam no país. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados