Fechar
Publicidade

Cena Politica

Publicado em sábado, 13 de maio de 2017 às 07:00 Histórico

Um ano de Temer: a região comemora?

Michel Temer (PMDB) completou ontem um ano à frente da Presidência da República – herdou o mandato de Dilma Rousseff (PT), que sofreu processo de impeachment. Mas, para o Grande ABC, pouca coisa mudou. Muitos dos projetos congelados sob a gestão Dilma continuam no papel com Temer, como a liberação de recursos para construção da Linha 18-Bronze do Metrô. A maior diferença, segundo comentam alguns políticos regionais, é a abertura de tratamento. Com Dilma, o contato era muito restrito. Temer, mais político do que a antecessora, colocou ministros à disposição de deputados e prefeitos. Não quer dizer que o dinheiro vá chegar aos cofres municipais. Pelo menos a União ouvirá sobre os projetos.

Metrô regional

Fábio Gandolfo, executivo da Odebrecht que fechou delação premiada no âmbito da Lava Jato, relatou um caso envolvendo o governador Geraldo Alckmin (PSDB) e o Metrô para o Grande ABC. Ele disse que o ex-governador Mário Covas (morto em 2001) estava disposto a estender a Linha 2-Verde para São Caetano. Deixou tudo encaminhado, mas, com sua morte e a posse de Alckmin – então vice –, os planos mudaram. Alckmin optou por aumentar a Linha 2-Verde até Vila Prudente. E, assim, o Grande ABC segue sem Metrô.

Nomeação

Secretário de Comunicação no governo do ex-prefeito de São Bernardo Luiz Marinho, Fábio Cassettari foi contratado, em cargo comissionado, para atuar como diretor de recursos humanos da Assembleia Legislativa. Na função, o salário base é de R$ 11.269,02, mas com os devidos acréscimos salariais – como verbas de representação –, o vencimento pode chegar a R$ 21.430,86.

Articulações

A eleição de 2018 já começou no núcleo duro do governo do prefeito de Mauá, Atila Jacomussi (PSB). A meta é eleger como deputado estadual o pai do chefe do Executivo, o presidente da Câmara, Admir Jacomussi (PRP). Além de aparecer na maioria dos eventos do Paço, agora Jacomussi tem organizado encontros políticos frequentes, após o expediente, com lideranças da cidade.

Protagonistas

Nesta semana, figuras do Grande ABC foram prestigiadas por seus partidos em propagandas eleitorais gratuitas veiculadas em horário nobre na TV. Vaguinho do Conselho, de Diadema, estrelou comercial do PRB. Já Paulo Serra, prefeito de Santo André, foi um dos protagonistas de peça do PSDB nacional – ele aparece em roda de conversa com eleitores desacreditados com a política e é apresentado como nova cara do partido.

Frase

Derrotado na eleição do ano passado, o ex-vereador Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), de Diadema, classificou a gestão de Lauro Michels (PV). “É um governo de 100 dias, de sem esperança para o povo de Diadema, sem perspectiva de melhora, de um prefeito sem vergonha na cara”. O petista ficou no primeiro turno da disputa eleitoral de 2016.

Cinegrafista

O vereador Lucas Zacarias (PTB), de Santo André, utilizou a tribuna para um discurso. Tradicionalmente um de seus assessores filma suas falas em público, mas, na hora, nenhum colaborador estava à disposição. O cinegrafista da vez foi Fabio Lopes (PPS). O popular-socialista segurou o celular e gravou o depoimento do colega 



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC