Fechar
Publicidade

Sua Saúde

Publicado em sexta-feira, 12 de maio de 2017 às 07:00 Histórico

Amidalite caseosa - Dr. Leo Kahn

 As amídalas ou tonsilas palatinas são estruturas em formato de amêndoas, compostas por células linfoides, revestidas por tecido conjuntivo e epitelial.

Estando localizadas na transição da boca com a faringe, participam na respiração e deglutição, além de serem grandes aliadas do sistema linfático e imunológico.

A amidalite caseosa ocorre devido ao acúmulo de alimentos nas criptas amigdalianas, não é considerada uma patologia, mas é uma das principais causas do mau hálito.

O cáseo amidaliano tem a consistência de uma massa viscosa que exala cheiro forte e desagradável, podendo ser expelido naturalmente através da fala, tosse ou espirro.

Acomete indivíduos de qualquer idade, até mesmo nos que nunca tiveram qualquer tipo de infecção da garganta, provocando problemas no convívio social por causa do mau hálito.

Em certos casos tem de ser retirado através da utilização de instrumentos ou ao espremer as amídalas.

 

Sinais e sintomas:

Halitose.

Irritação continua na garganta.

Sensação de corpo estranho.

Hipertrofia das amídalas.

Infecções de repetição.

Presença de alimento no interior das criptas;

Formação e eliminação de resíduos das criptas.

O diagnostico é realizado através da historia e do exame

físico da orofaringe.

 

Saiba mais:

O anel linfático de Waldeyer compreende a amídala lingual, a palatina e a faríngea, na região chamada rinofaringe.

Ao entrarem em contato com vírus ou bactérias, as amígdalas permitem uma resposta rápida de anticorpos.

A influência no sistema imunológico é pequena.

Representa só 2% da produção de anticorpos na infância.

A porcentagem diminui à medida que o indivíduo vai crescendo.

Na adolescência, as amídalas perdem praticamente a utilidade.

O mau hálito ocorre por causa dos resíduos alimentares que se deterioram com o passar do tempo.

Esses resíduos formam uma “bolinha branca” que fica instalada nas criptas das amídalas.

Favorece outras afecções bucais como a saburra lingual, conhecida também como língua branca, que se caracteriza pela presença de uma camada viscosa sobre a língua.

O tratamento para a amigdalite caseosa pode ser clínico ou cirúrgico.

Gargarejos com produtos de higiene e anti-inflamatórios e uma higiene bucal completa diminuem a ocorrência.

A saúde bucal é extremamente importante para o estado de saúde geral.

Visite seu médico otorrinolaringologista e seu dentista periodicamente.



Veja Também

Tags


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook! Lembre-se que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diário do Grande ABC