Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

A reciprocidade do PT regional


Raphael Rocha

11/05/2017 | 07:00


Prefeitos petistas na antiga legislatura no Grande ABC basearam seus governos em ajuda federal. À época, a presidente era Dilma Rousseff (PT) e eles tinham como expectativa obter verbas da União nos mesmos moldes que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) costurou com cidades da região. Dilma fechou a torneira e, não raro, evitou conversar com esses chefes de Executivo. A resposta veio quando Dilma estava prestes a cair do cargo de presidente. Quase nenhum – para não dizer ninguém – político foi às ruas defender a petista no processo de impeachment. Com Lula a relação é outra. Nomes de peso da política do Grande ABC fizeram questão de ir para Curitiba e manifestar apoio ao ex-presidente, que prestou depoimento ao juiz federal Sérgio Moro por uma ação da Lava Jato.

BASTIDORES

Dia D
O presidente da Câmara de Ribeirão Pires, Rubão Fernandes (PSD), comunicou a alguns vereadores sobre a possibilidade de colocar hoje em votação as contas do último ano de gestão do ex-prefeito Clóvis Volpi (sem partido). O TCE (Tribunal de Contas do Estado) emitiu parecer negativo à contabilidade de 2012 da Prefeitura de Ribeirão, análise essa que tem de passar pelo crivo dos vereadores. Caso o Legislativo mantenha a condenação sugerida pelo TCE, Volpi ficaria inelegível por oito anos.

Elogios e críticas – 1
Governistas acharam estranho quando o vereador Julinho Fuzari (PPS), da oposição à gestão de Orlando Morando (PSDB), subiu à tribuna da Câmara de São Bernardo para elogiar os projetos de lei enviados pelo tucano. Um dos vereadores disse que Julinho tinha tomado juízo depois de a base de sustentação bater de frente com ele, rejeitando indicações e requerimentos.

Elogios e críticas – 2
Julinho explicou o caso. Ele lembrou que foi autor de representação no Ministério Público para contestar a doação de terreno público na Avenida Pereira Barreto para o Sebrae – o projeto do governo de São Bernardo revogou justamente essa cessão, assinada pelo ex-prefeito Luiz Marinho (PT). “Foi uma decisão acertada baseada em uma ação do meu mandato.”

Conversa no gabinete
O ex-prefeito de Diadema e ex-deputado federal José de Filippi Júnior (PT) esteve na Câmara na terça-feira pela manhã. Foi diretamente ao gabinete do vereador Ronaldo Lacerda (PT). Lacerda já avisou dentro do petismo que será candidato a deputado federal e não recuará. Há, dentro do partido, corrente que defende uma candidatura de Filippi, para se contrapor ao governo de Lauro Michels (PV).

Casa do Grande ABC
O Consórcio Intermunicipal formalizou contrato com a Moni Imóveis Ltda para locar escritório da Casa do Grande ABC em Brasília. O acordo é de três anos, com valor de R$ 5.000 mensais. O espaço, que funcionará como filial da entidade na Capital Federal em busca de recursos públicos, será aberto oficialmente no dia 28 de junho. O chefe do escritório ainda não foi definido.

Debate conjunto
O secretário de Obras e Habitação de São Caetano, Enio Moro Júnior, e o titular de Habitação de Santo André, Fernando Marangoni (DEM), se reuniram ontem, no Palácio da Cerâmica, para discutir projetos em áreas de divisa das duas cidades. Problemas habitacionais são recorrentes nos dois municípios – São Caetano tem de lidar com cortiços e Santo André, com falta de moradia. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados