Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Dirceu, Entrelinhas e Grande ABC


Raphael Rocha

04/05/2017 | 07:00


 A nova denúncia contra o ex-ministro José Dirceu (PT) feita pelo MPF (Ministério Público Federal), no âmbito da Lava Jato, fala sobre supostos pagamentos de propina por parte da Engevix. Na linha de apuração, promotores indicaram que a empreiteira quitou pagamentos de contrato de Dirceu com a Entrelinhas, empresa de comunicação, para cuidados da imagem pública do petista – faturas essas que alcançaram R$ 900 mil entre abril de 2011 e julho de 2012. A Entrelinhas é velha conhecida do meio político do Grande ABC, tendo prestado serviços em governos petistas na região. Vale ressaltar que, por enquanto, nenhuma relação entre o Grande ABC, Entrelinhas e Lava Jato foi feita.

BASTIDORES

Inauguração
O presidente do Consórcio Intermunicipal, Orlando Morando (PSDB), anunciou que a Casa do Grande ABC em Brasília será aberta no dia 28 de junho. O escritório terá como finalidade aproximar a região dos projetos federais, com atuação na Capital Federal de um representante do colegiado de prefeitos. “Com o novo escritório, podemos buscar in loco recursos disponibilizados pelos ministérios para programas, projetos e obras”, destacou o secretário executivo do Consórcio, Fabio Palacio (PR).

Visita
Aliás, o secretário executivo do Consórcio, Fabio Palacio (PR), agendou para hoje reunião com os vereadores de Diadema para falar sobre a intenção do prefeito Lauro Michels (PV) em retirar o município do quadro de integrantes da entidade regional. Pelo estatuto, Lauro não pode viabilizar seu plano sem que haja aval do Legislativo, onde ele vê a oposição como maioria.

Da TV para as urnas
Foi só o humorista Edvan Rodrigues de Souza, o Buiú, aparecer num programa de TV em rede nacional que dirigentes de partidos políticos de Diadema entraram em contato, de olho no lançamento de Buiú na eleição do ano que vem. Em 2012 o humorista disputou a Prefeitura de Diadema pelo PMN. Em 2016, concorreu a uma cadeira na Câmara diademense.

CPI ainda no início
CPI da Eletropaulo em São Bernardo teve primeira reunião bastante light. Única diligência da comissão foi ler informe da Prefeitura dizendo que não há contrato de prestação de serviço entre a empresa e o Executivo. A existência do contrato seria ponto de partida de apuração de suspeita de irregularidades. Relatórios da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) devem entrar agora na investigação. A Câmara contesta o serviço prestado pela AES Eletropaulo na cidade. Entrega do relatório final está marcada para o dia 6 de setembro.

De Mauá para Campos
No feriado de Tiradentes, no mês passado, políticos de Mauá – que estão sem cargos públicos – foram vistos transitando por Campos do Jordão, conhecida cidade turística no Interior de São Paulo. Um deles era Antônio Carlos de Lima, secretário de algumas gestões da cidade. Outro era o ex-prefeito Donisete Braga (PT).

Queda comemorada
O Água Santa não conquistou o acesso à Série A-1 do Campeonato Paulista na terça-feira. Seria o retorno do time de Diadema à elite do futebol estadual, o que poderia enaltecer o nome da cidade. Mas nem todo mundo ficou triste. Interlocutores do prefeito Lauro Michels (PV), que está em litígio com o Água Santa, celebraram o revés.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados