Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Lordose - Dr. Leo Kahn

A lordose incide em qualquer faixa etária, com maior frequência na região lombar, a característica é de um indivíduo excessivamente curvado nas costas e com os glúteos mais proeminentes, chegando a parecer uma postura exagerada.


Dr. Leo Kahn

21/04/2017 | 07:00


 A coluna vertebral humana é dividida em cinco regiões chamadas de cervical, torácica, lombar, sacral, coccígeas, possuindo ainda duas curvaturas fisiológicas voltadas para dentro e duas para fora.

As curvaturas voltadas para fora são as primárias e chamadas de cifoses, pois ocorrem a partir do período embrionário.

As voltadas para dentro são classificadas de secundarias, só identificadas quando aprendemos a andar e a manter a coluna ereta, conhecidas como lordose.

Quando alguma alteração acomete as regiões da coluna cervical ou lombar pode ocasionar patologias de aumento da curvatura chamada de hiperlordose e na diminuição de hipolordose.

A lordose incide em qualquer faixa etária, com maior frequência na região lombar, a característica é de um indivíduo excessivamente curvado nas costas e com os glúteos mais proeminentes, chegando a parecer uma postura exagerada.

A dor lombar é mais comum em adultos, podendo incidir com menor frequência nos adolescentes e em menor proporção nas crianças.

Classificada em aguda quando apresenta duração inferior a um mês, é resultante de uma patologia médica destituída de gravidade, mas se persistir por até ou mais de seis meses são consideradas crônicas e representa 1% a 5% dos casos.

Quando a curvatura é muito incisiva na região do pescoço, falamos de hiperlordose cervical e pode provocar dores cervicais ou cefaleias.

Fatores de risco:

Genéticos,

Ambientais,

Trabalhos desgastantes,

Estilo de vida,

Acondroplasia,

Discite,

Cifose,

Obesidade,

Osteoporose,

Espondilolistese.

Sinais e Sintomas:

1 – Lombar:

Dores nas costas,

Fraqueza dos músculos da barriga,

Abdômen globoso,

Flacidez de barriga,

Celulite nos glúteos.

2 – Cervical:

Rigidez,

Dor no pescoço,

Fraqueza nos músculos da área.

Após a avaliação clínica do paciente, com histórico e exame físico completo, o médico poderá solicitar exames de imagem complementares como raios X e ressonância magnética.

Saiba mais:

Existem 140 músculos ligados à coluna, um grande número de ligamentos e tendões.

Quando ocorre compressão de nervos das regiões lombares e sacras esta situação denomina-se ciática.

Acomete cerca de 40% das pessoas ao longo

da vida.

Cuidado com a dieta, o sobrepeso causa alterações de equilíbrio, provocando desgastes na coluna.

Evite vida sedentária e o tabagismo.

Exercícios inapropriados e desobediência às

regras básicas de postura geralmente desencadeiam

a doença.

A avaliação neurológica pode excluir possibilidades de outras doenças.

Devem ser investigados os zumbidos, dormência,

fraquezas, espasmos musculares e alterações na

bexiga e no intestino.

Procure o auxílio de um médico ortopedista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.