Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 23 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8338

Energia é restabelecida após vazamento de gás

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Segundo a Eletropaulo, desligamento emergencial
atingiu um perímetro de 1,5 km nas imediações


Do Diário OnLine

18/04/2017 | 08:03


Atualizada às 15h38

Um duto de gás GLP (Gás Liquefeito de Petróleo) foi perfurado por volta da 1h desta terça-feira na Avenida Sapopemba, 372, no Jardim das Maravilhas, em Santo André. Segundo nota atualizada da Transpetro, um furto de combustível na tarde desta segunda-feira teria ocasionado o vazamento de gás, que já foi contido.  A energia no local, que havia sido interrompida ainda na madrugada em um perímetro de 1,5 km, foi restabelecida por volta das 13h30. 

Mais cedo, contudo, a própria Agência Petrobras publicou uma nota na qual afirmava que o rompimento da tubulação de gás havia sido feito durante o conserto no duto do óleo diesel na madrugada. “A equipe de manutenção da Transpetro estava trabalhando na reparação de um duto de diesel onde havia sido detectada uma derivação clandestina de combustível quando a máquina que fazia a escavação no local bateu numa válvula instalada num segundo duto, paralelo ao de diesel, provocando então o vazamento de GLP. A Transpetro ainda investiga se havia alguma ação de furto de combustível também sendo tentada no duto de GLP, mas no momento não tem informações conclusivas."

Segundo a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), está sendo realizada uma operação para deslocar o GLP do duto a partir do Terminal de São Caetano para a Recap (Refinaria de Capuava). Nove pessoas tiveram que deixar suas casas ao redor. “A Cetesb fez o monitoramento no quarteirão e não detectou concentração de gases inflamáveis. Apenas leve odor. O isolamento se dá no local onde o duto de GLP foi atingido. Nesse ponto o Corpo de Bombeiros lançou neblina d’Água para abater a nuvem de GLP.”

A companhia afirma ainda foi acionada por volta das 17h30 de segunda para orientar a contenção e recuperação de uma quantidade ainda não estimada de óleo diesel vazado de um duto da Transpetro, consequência de furto. "Por volta da 1h desta terça-feira, durante os trabalhos de escavação, os técnicos da Transpetro acabaram perfurando um duto de gás GLP, mudando totalmente o quadro da ocorrência."

De acordo com Tenente Harrison, do Corpo de Bombeiros, são oito quilômetros de dutos. “Esse GLP está sendo extravasado para o ambiente e os bombeiros estão fazendo uma proteção de jato neblina para dissipar o gás. Cetesb, Defesa Civil, policiamento e órgãos da Petrobras estão aqui monitorando. Não tem perigo de explosão, só acompanhamento para não piorar a situação. Estamos aguardando a retirada de todo GLP do duto por meio de colocação de água no sistema, o que é algo demorado.”

Segundo a Transpetro, equipes trabalham para esvaziar o duto, o que está sendo feito por meio de bombeamento de água. Após o esvaziamento será feito o reparo e o fechamento do duto.

Furto de diesel

Um boletim de ocorrência de furto qualificado de combustível foi feito pela Transpetro às 15h36 de ontem. A empresa detectou na madrugada de segunda-feira uma baixa pressão nos dutos e quando isto ocorre, geralmente, é devido a vazamento ou furto.

Ao realizar busca deste escape de combustível, técnicos encontraram manchas de óleo em córrego que fica atrás de um galpão que teria sido alugado pelos criminosos para efetuarem o roubo. Na construção, havia ainda um buraco escorado com madeira por onde estava sendo retirado o diesel. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com a Cetesb, a Transpetro estancou o vazamento de óleo com a introdução de uma cavilha na perfuração. Além disso, estendeu mantas de absorção na área e fez barreira de contenção para evitar o espalhamento do diesel. Um caminhão-vácuo também opera no local para recuperar o combustível vazado do duto, que atingiu o sistema de drenagem de águas pluviais e um afluente do Córrego do Oratório.

O caso será encaminhado ao 5º DP (Parque Novo Oratório) da cidade. (Com informações de André Henriques)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados